MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ

MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ - EDIFICANDO O CARÁTER E A LIDERANÇA NA IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO

UNIVERSIDADE TEOLÓGICA GRAÇA E PAZ – Site: https://sites.google.com/site/icfeinstitutocristaodeformacao/

(Gênesis 17:1) - "Eu Sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê íntegro".

(Levítico 19:2) - "Portanto, santificai-vos e sede santos, pois Eu sou o Senhor vosso Deus";

(Provérbios 14:34) - "A justiça exalta os povos, mas o pecado é a vergonha das nações".

(Apocalipse 22:11) - Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.

domingo, 6 de junho de 2010

* 5- CUIDANDO DA VINHA E COMPARTILHANDO OS SEUS FRUTOS: A VINHA DOS POVOS E NAÇÕES DA TERRA








Você sabia que os povos e nações da Terra são comparados por DEUS a vinhas e outras árvores as quais frutificam e periodicamente têm os seus frutos analisados, pesados, medidos e avaliados por ELE pela balança da Justiça e pelo prumo da Verdade divina?Hoje, convidamos você para refletir conosco acerca da vinha dos povos e nações da Terra e, gostaríamos de fazer esta reflexão com alguns textos Bíblicos que nos fazem ver esta séria realidade: a da análise e avaliação por parte de DEUS dos modos de vida, ações e obras dos povos e nações da Terra pela balança da Justiça e pelo prumo da Verdade divina:
1) Nos livros dos profetas Jeremias (no capítulo 18) e Ezequiel (no capítulo 14) DEUS deixa bem claro que periodicamente analisa e avalia as nações da Terra e utiliza diferentes formas de juízos (tipificados pela permissão de acontecimentos no meio ambiente, geopolíticos, etc) para com estas nações da Terra, não intervindo nas conseqüências que a humanidade sofrerá pela sua desobediência e fazendo-as assim que elas colham os próprios frutos dos seus atos (Evangelho de Mateus 10: 29);
2) No livro do profeta Ezequiel (no capítulo 31), DEUS comparou a Assíria ao Cedro do Líbano e a uma árvore tão bela e frondosa que nem mesmo no Jardim do Éden se encontrava árvore como ele e, comparou o Antigo Egito a uma bela árvore que também nem mesmo no Jardim do Éden se encontrava semelhante a ele! Porém, ambos foram avisados por DEUS que se arrependessem, se convertessem e mudassem o rumo de suas nações enquanto havia tempo e, como isto não aconteceu, caíram e hoje não representam nem mesmo a sombra do que foram antigamente devido à soberba, opressão, feitiçaria e crueldade que utilizaram contra outros povos e nações da Terra!
3) No livro do profeta Daniel (no capítulo 4), encontramos uma interessante comparação feita por DEUS ao governante da Babilônia (rei Nabucodonozor) através de uma advertência por um sonho que este governante teve: ele e a sua nação sendo comparados a uma bela, frondosa e frutífera árvore que de repente foi derrubada, teve os seus ramos cortados, suas folhas sacudidas, o seu fruto espalhado e os animais e aves afugentados do abrigo da copa de sua árvore!
4) Também no livro do profeta Daniel (capítulo 5) é narrado a ocorrência de um misterioso fato: em pleno bacanal que o rei Beltsazar (filho do rei Nabucodonozor) estava dando para toda a sua corte, aparece uma misteriosa mão a qual escreve na parede sentenças de julgamento sobre este rei, sua corte e sua nação: “contou DEUS o teu reino, e o acabou. Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Dividido está o teu reino, e entregue aos medos e persas”! E, assim, neste mesmo dia do aparecimento da mão misteriosa, a Babilônia foi invadida pelo império medo-persa que se tornou a grande potência mundial da época!
5) Todas as pessoas dos povos e nações da Terra que se convertem a DEUS são comparadas a árvores que foram enxertadas na Oliveira Celestial (JESUS), se tornando assim com os israelitas convertidos ao Evangelho uma só planta, enxerto esse o qual, como o próprio JESUS diz, caso não der bom fruto será cortado e lançado fora mostrando assim, que uma das principais propostas do projeto de Civilização de DEUS é que todos os povos e nações da Terra, em CRISTO JESUS, vivam em unidade e fraternidade universal, algo que só é possível quando alguém entende, aceita e obedece o Evangelho de JESUS CRISTO (Epístola de Paulo aos Romanos 11: 22-24; Epístola de Paulo aos Gálatas 3:27 – 29 e aos Efésios 2; Evangelho de João 1; 15; 17: 20 – 23)!
6) Podemos ver que, infelizmente, os povos do Oriente Médio e dos Continentes Africano, Europeu e Asiático os quais são nações milenares que no Antigo Testamento e no Novo Testamento são mencionadas como nações que desde os tempos antigos obtiveram o Conhecimento dos Ensinamentos de DEUS, podem ser comparadas a árvores que até hoje não têm dado os devidos frutos esperados por DEUS, haja vista que estas nações até hoje vivem em guerras ou são fomentadoras de conflitos históricos mundiais através de ações imperialistas, de guerras regionais ou mundiais e, atualmente, se encontram numa tremenda apostasia de tal forma que até parecem que jamais foram Evangelizadas (livro do profeta Jeremias 11: 16; livro de Ester 1: 1; livro do profeta Isaías 49: 12; Evangelho de Mateus 21: 33-46; 4: 23-25; Evangelho de Marcos 3: 7-8; livro de I Reis 4: 29-34; 10: 23-24; 10; livro de Atos 2: 1-12; 8: 26-40; 16: 9-15; 27; Epístola de Paulo aos Romanos 15: 15-33; Epístola de Paulo a Tito 1)!
7) JESUS CRISTO comparou os vários acontecimentos de natureza sistêmica (no meio ambiente, socioeconômico, geopolítico, etc) que já estão ocorrendo na Terra e que segundo ELE mesmo sinalizariam a geração de seres humanos que presenciarão a Sua volta, ao frutificar da figueira e de todas as outras árvores que antecedem ao verão (Evangelho de Lucas 21: 25-33)!
8) No livro do profeta Isaías (nos capítulos 24 e 34) está registrado para conhecimento de toda a humanidade a informação de que DEUS já passou o prumo (cordel) de medição sobre todos os povos e nações da Terra e está apenas aguardando aquele grande dia onde todas as forças de guerra do mundo inteiro haverão de ter um encontro ao vivo com ELE no Oriente Médio, evento este também avisado pelo profeta Zacarias (no capítulo 14) e pelo Apóstolo João (em Apocalipse 14: 14-20)!
9) No livro de Apocalipse 14: 14-20, todos os povos e nações da Terra são comparados a cachos de uvas de uma vinha os quais um dia, devido a sua extrema maldade e obras de perversidade, semelhantemente à geração mundial anti-diluviana, sofrerão novamente os juízos de DEUS numa escala mundial e de uma forma jamais vista na Terra, juízos esses que virão sobre todos(as) que rejeitaram o Seu amor, a graça do Seu perdão em CRISTO JESUS, o Seu projeto e proposta de Civilização para o nosso planeta e têm destruído a Terra (Apocalipse 11: 15-19)!
Para finalizar esta reflexão de hoje, faremos um pouco diferente:
- Deixarei que você mesmo(a), à luz destes ensinamentos Bíblicos que transcrevemos e de todas as reflexões anteriores deste blog que vimos desde a primeira postagem, reflita sobre como está a vinha de sua nação na balança da Justiça e no prumo da Verdade divina, veja que tipo de vinha tem sido você, a sua família e a sua nação para DEUS e para o nosso planeta Terra, como também volte e/ou se converta a DEUS enquanto ainda há tempo e, dê a sua colaboração fazendo alguma coisa para reverter o quadro nada bom em que se encontra os povos e nações da Terra, pois, eu, brasileira, como todos(as) sabem, sou de uma nação nova a qual é fruto de uma mistura de vários povos e nações, nação essa que tem apenas 510 anos de idade, está velozmente aprendendo e amadurecendo no Conhecimento, na Sabedoria, e no Entendimento da bendita graça e Pessoa de JESUS CRISTO e, embora mesmo tão jovem e faltando muito o que fazer, avançar e melhorar, estamos de diferentes formas dando a nossa contribuição, sendo este blog uma das ações que fazem parte dessa minha contribuição!
Portanto, fazendo minhas as palavras do autor da Epístola Bíblica aos Hebreus registradas nos capítulos 5 e 6, finalizo criticando, de forma construtiva, a vocês que pertencem a estas nações milenares com a seguinte observação: vocês deveriam já ser mestres no Conhecimento, Entendimento, Ensino e Prática da Verdade e da Sabedoria Eternas as quais desde a primeira postagem deste blog venho abordando, como também deveriam ter vergonha de estarem sendo alertados(as) e ensinados(as) por mim, que sou apenas uma simples pessoa pertencente a uma nação que só tem 510 anos de vida!
 

Pra.Carmem (Pra. Acsa)

Nenhum comentário: