MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ

MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ - EDIFICANDO O CARÁTER E A LIDERANÇA NA IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO

UNIVERSIDADE TEOLÓGICA GRAÇA E PAZ – Site: https://sites.google.com/site/icfeinstitutocristaodeformacao/

(Gênesis 17:1) - "Eu Sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê íntegro".

(Levítico 19:2) - "Portanto, santificai-vos e sede santos, pois Eu sou o Senhor vosso Deus";

(Provérbios 14:34) - "A justiça exalta os povos, mas o pecado é a vergonha das nações".

(Apocalipse 22:11) - Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.

sexta-feira, 4 de julho de 2014

* 37- CUIDANDO DA VINHA E COMPARTILHANDO O SEU FRUTO: NÃO HERDANDO A TERRA DAS PROMESSAS DE DEUS POR CAUSA DA FALTA DE FÉ EM DEUS E POR CAUSA DA PREGUIÇA E DO COMODISMO!

  Parte-1

  Parte-2


Bom dia, Querido(a) Leitor(a):

Hoje, eu trago para você mais um ensinamento na área de liderança Cristã e, gostaria de escrever para você sobre mais um dos vários ensinamentos que DEUS, através da Bíblia, nos mostra sobre como eu e você infelizmente podemos perder de conquistar e tomar posse do território das promessas das bênçãos de DEUS em nossa vida por causa da nossa falta de fé NELE e por causa da nossa preguiça e do nosso comodismo! 
Nos livros de Números (capítulos 13; 14 e 32); Josué 12: 1-6; 17; Juízes 18: 1-9; I Crônicas 5: 18-26 e I Samuel 17 existem excelentes ensinamentos de DEUS que nos servem tanto para a dimensão espiritual como secular da nossa vida em relação ao exercício de uma liderança vitoriosa que não falha em seguir as instruções e princípios para se conquistar e tomar posse de um território seja ele em qual área for (espiritual, território geográfico, profissional, na área da saúde, família, prosperidade material e financeira, etc.), pois nos mostram os motivos pelo qual vem o sucesso ou o insucesso em não se tomar posse daquilo que DEUS dá a uma pessoa, um povo ou uma nação e como ser vitorioso(a) diante dos obstáculos que aparecem para impedir a conquista e posse de qualquer território (benção) dado por DEUS!    
1)  Números 13 e 14: Os habitantes da região de Canaã se corromperam (espiritualmente, socialmente, sexualmente, etc.) de tal modo que DEUS (que dá a primeira e última palavra sobre as divisões territoriais dos povos e nações da Terra seguindo o princípio de justiça estabelecido por ELE mesmo de que tem direito a herdar e ocupar o território quem dá bons frutos) resolveu substituir os habitantes deste local dando-lhes o seu território para Abraão e seus descendentes, os Israelitas, (Genesis 15; Levítico 18: 19-30; Jeremias 18; Daniel 4; 5; Mateus 21: 33-46; Números 34; Deuteronômio 2; 32: 8; Atos 17: 24-28; Apocalipse 22:13)! Então DEUS (JESUS) diz a Moisés para enviar 12 pessoas (cada pessoa representante de uma tribo dos descendentes de Israel) para olharem o território de Canaã e trazerem o relatório desta visita de espionagem (relatório sobre o seu povo, tamanho da população, capacidade de resistência física do povo, tipos de construções existentes, se possuíam fortificações de defesa, qualidade do solo, tipo de vegetação, frutos existentes na terra) para que se montasse a estratégia para que o território de Canaã fosse conquistado! Os espiões Israelitas ao terem visitado a região de Canaã observaram que esta terra dada por DEUS para eles conquistarem realmente era boa (e por isto chamada de terra que manava leite e mel)! Porém, observaram que o povo era forte, de grande estatura (altura), com grande resistência física e cujas cidades possuíam grandes e altas fortalezas de defesa! Então algo desastroso aconteceu: dos doze espiões enviados dez se deixaram contaminar pelo espírito maligno da incredulidade e do medo em relação ao que DEUS estava disposto e poderia fazer por eles para que eles conquistassem a terra de Canaã e, apenas dois dos espias (Josué da tribo de Efraim e Calebe da tribo de Judá) realmente permaneceram fiéis a DEUS e não se deixaram contaminar pelo espírito de incredulidade (falta de fé), medo, desânimo, derrota e covardia em relação ao que DEUS estava disposto a fazer por eles! E, o pior de tudo é que estes dez espias que se contaminaram e se deixaram levar por este espírito de incredulidade (falta de fé), medo, desânimo, derrota e covardia em relação ao poder de DEUS se contaminaram de tal modo que passaram este mesmo espírito para toda a congregação de modo que todo o povo desejou voltar ao Egito (de onde eles haviam sido escravos e haviam sido libertados poderosamente por diversas ações miraculosas realizadas por DEUS) e começaram a se mobilizar para destituir a Moisés como líder e governante deles e para matar os dois espias (Josué e Calebe) que não temeram e continuaram firmes em confiar em DEUS e, só não concretizaram estes atos devido à intercessão de Moisés e Arão e devido à aparição da glória de DEUS na Tenda da Revelação (o Tabernáculo ou Altar do Testemunho onde DEUS manifestava a Sua presença gloriosa)! Assim, como recompensa por mais este ato (de tantos outros que eles já haviam realizado) de incredulidade e desprezo em relação a DEUS e suas promessas de bênçãos toda esta geração (com exceção de Josué e Calebe, das crianças e das pessoas com idade de vinte anos para baixo desta geração de incrédulos) que já estava às portas do território de Canaã para conquistá-lo tiveram como recompensa não herdarem a terra de Canaã (I Coríntios 10; Hebreus 3) envelhecendo e morrendo nas portas da terra de Canaã, passando assim quarenta anos rodeando pelo deserto e dando eles mesmos a sobrevida às nações inimigas e corruptas as quais DEUS já havia decretado que deveriam perder a autoridade e autonomia no território de Canaã devido à sua corrupção e degradação generalizada em todas as dimensões da vida humana!          
2)    Números 32; Josué 12: 1-6; 17; Juízes 18: 1-9; I Crônicas 5: 18-26: Estes textos mostram que as tribos de Rúben, de Gade e a meia tribo de Manassés (filho de José, cabeça-federativa de uma das tribos de Israel) resolveram não herdar a terra de Canaã, mas sim ficar aquém do rio Jordão devido esta área que eles estavam ser boa para criação de gado! Veja bem: eles resolveram ficar num espaço físico intermediário que não havia sido dado por DEUS a eles, terra esta que foi conquistada pelos Israelitas devido aos reis gentílicos destas terras terem se apressado e por medo de terem seu território conquistado pelos Israelitas resolveram atacar os Israelitas e então foram derrotados e esta terra ficou sendo a habitação temporária do povo de Israel, porém esta terra não fazia parte do território geográfico original dado por DEUS aos Israelitas e nem mesmo os Israelitas apregoaram declaração de guerra contra estes reis tendo em vista que DEUS não havia lhes dado esta terra aquém do Jordão, mas sim a terra de Canaã que fica do outro lado do rio Jordão (Números 34; Deuteronômio 2: 26-37; 20; Josué 1)! E, o resultado é que mesmo eles tendo ido lutar com as demais tribos para que elas conquistassem seus territórios (conforme prometeram a Moisés como contrapartida de ficarem neste território intermediário que DEUS não havia lhes dado como território definitivo) e mesmo tendo edificado uma réplica do Altar de Testemunho (construído no tempo de Moisés e que estava com as outras tribos de Israel) para servir de lembrete da ligação espiritual, étnica, cultural, social e política com as outras tribos de Israel, mesmo assim eles depois se corromperam, pois se misturaram espiritualmente, etnicamente, culturalmente, socialmente e politicamente com as pessoas que habitavam nesta região e passaram a fazer as mesmas coisas abomináveis que as nações gentílicas desta região faziam! E, assim, com o passar do tempo não conseguiram mais ficar de pé diante dos seus inimigos (pois se afastaram de DEUS) e tiveram o seu território geográfico conquistado por outros povos gentílicos, foram expulsos dele e por fim levados deportados em cativeiro para outros povos e nações gentílicas!           
3)    I Samuel 17: O gigante e guerreiro Golias (de altura de quase três metros e cujo nome significa passagem do guerreiro poderoso, aquele que domina) se apresenta diante dos exércitos de Israel para um duelo contra algum guerreiro de Israel que porventura topasse lutar contra ele para assim a batalha e a disputa pelo território de Canaã fosse decidida por este confronto: o guerreiro que perdesse teria o seu povo como escravo do povo do guerreiro vencedor e perderia a posse do domínio do território geográfico de Canaã que estava em disputa! Então os homens de guerra do exército de Israel comandados pelo rei Saul ficaram com medo e durante quarenta dias nenhum dos guerreiros de Israel se apresentaram para lutar contra Golias! Porem, Davi, um jovem pastor de ovelha, músico e profeta (que já havia sido ungido rei pelo profeta e Sacerdote Samuel por mandado de DEUS para que assim substituísse a Saul como rei o qual já havia se corrompido e se afastado de DEUS), a mandado do seu pai foi levar comida para seus três irmãos mais velhos que estavam alistados no exército de Saul e para o comandante de seus irmãos tendo ainda sido incumbido por seu pai de saber notícias de seus irmãos e desta batalha! Davi ao chegar ao acampamento dos guerreiros de Israel e ao ouvir o insulto e provocações de Golias foi movido pelo ESPÍRITO de DEUS, ficou indignado com as provocações e humilhações vindas de Golias e então resolveu se apresentar diante do rei Saul para que ele lhe permitisse ir lutar contra Golias! O rei Saul adverte a Davi do perigo, até mesmo lhe desencoraja completamente dizendo-lhe que jamais ele poderia lutar e vencer Golias pelo fato de que Davi nunca havia lutado contra homem algum e por ser bem jovem (segundo alguns teólogos ele deveria ter entre 15 a 17 anos de idade)! Porém, o rei Saul por ter visto a insistência e persistência de Davi resolveu dar as suas vestes de guerreiro e suas armas de combate a Davi para que Davi (que já havia decidido enfrentar Golias) fosse lutar! Veja bem: se observarmos a narração Bíblica veremos que Davi foi o único que não chamou o seu inimigo Golias pelo seu nome! Além do mais, Davi ao vestir as vestes de combate do rei Saul e ao pegar nas armas de combate de Saul percebeu que não conseguiria andar e nem venceria a Golias com estes artefatos de guerra do rei Saul! Então, Davi resolveu ir ao combate em Nome do único e verdadeiro DEUS e com as suas armas de pastor de ovelhas que estava acostumado a manusear na condução e defesa do rebanho das ovelhas de sua família que ele tomava conta tendo inclusive livrado este pequeno rebanho da boca de animais ferozes (leão e urso)! E, o resultado é que Davi venceu o gigante Golias e garantiu a posse do território geográfico de Canaã para os Israelitas! Assim, vale lembrar: mesmo que não queiram os povos palestinos, nações e grupos islâmicos terroristas e os demais povos e nações da Terra admitir e aceitar isto não muda a realidade de que a terra de Canaã (e Jerusalém) pertence aos Israelitas (e consequentemente aos judeus) até o dia de hoje por cinco motivos: primeiro porque DEUS (que dá a primeira e a última palavra sobre a posse dos territórios para cada povo e nação) assim estabeleceu por uma aliança eterna feita com Abraão e com os seus descendentes (o povo de Israel) num contrato que os tornou donatários perpétuos e que inclusive garantiu a posse deste território mesmo que eles se afastassem de DEUS e fossem deportados para outros locais através de uma cláusula que o próprio DEUS estabeleceu a qual diz que mesmo que os Israelitas (devido aos seus pecados) fossem deportados para outros locais da Terra, caso eles se arrependessem e se voltassem (se convertessem) a DEUS, teriam o direito (dado por DEUS) de voltarem a esta terra de Canaã! Segundo motivo porque Abraão comprou esta terra de um dos povos (os Heteus) que habitavam e dominavam sobre a mesma no período de vida de Abraão! Terceiro motivo porque houve uma disputa entre a nação de Israel e a nação dos filisteus (que detinham a posse e o domínio desta terra nos tempos do rei Saul e de Davi), filisteus estes os quais impuseram a condição de que aquele que vencesse o duelo ocorrido entre o guerreiro deles (Golias) e entre o guerreiro de Israel (Davi) teria a posse definitiva do território de Canaã e Davi foi o vencedor do duelo! Quarto motivo é porque nunca, jamais os Israelitas (incluindo os judeus) abdicaram e abandonaram voluntariamente esta terra de Canaã para que ela fosse dada por direito de posse a outros povos, nações ou instituições internacionais terem domínio sobre ela, mas sim, foram deportados contra a sua vontade por diferentes Impérios (Assírio, Babilônico e Romano) para outros locais geográficos da Terra! E, o quinto motivo é porque mesmo com o surgimento da Igreja Cristã, DEUS jamais rejeitou a nação de Israel e o seu papel de ser a nação primogênita a dar frutos para o REINO de DEUS na Terra e a nação pela qual o Messias governará toda a Terra a partir do advento de Sua segunda vinda, pois mesmo JESUS tendo mostrado a destruição que viria sobre esta nação devido a elite de Israel (Sumo-Sacerdotal, nobreza e demais líderes do povo) em conjunto com a elite gentílica mundial (governantes do Império Romano) e parte do povo de Israel (manipulado por estas elites) ter rejeitado a ELE como Messias (como Filho de DEUS, legítimo descendente e herdeiro do trono do rei Davi e legítimo único Sumo-Sacerdote perfeito e com poder capaz de tirar os pecados da humanidade), o próprio JESUS avisou que esta destruição da nação de Israel e de Jerusalém (que representa o território geográfico central da nação de Israel sendo ainda o marco civilizatório que atesta o privilégio desta nação ser a primogênita a dar frutos para o Reino de DEUS) seria temporária, pois ela seria entregue e pisada pelos gentios (seria dominada pelos gentios) até que o tempo dos gentios se completasse, tempo este que quando se completasse seria ela (Jerusalém) devolvida à nação de Israel e, este tempo dos gentios já se completou sendo a prova disto o ressurgimento da nação de Israel em seu próprio território geográfico dado por DEUS que assim como levantou na época antiga pessoas (Daniel, Neemias, Esdras, Zorobabel, Ciro, Artaxerxes, etc.) para levarem o povo de Israel de volta à terra de Canaã após o cativeiro babilônico e para reconstruírem Jerusalém também levantou em nossa era moderna pessoas (Montague Brownslow Parker, Raymond Weill, Edmund Allenby, Moshe Dayan, Theodor Herzl, David Ben-Gurion, Golda Meir, Osvaldo Aranha, etc.) para realizarem este retorno dos judeus a sua terra de Canaã e para retomarem a posse de Jerusalém após a nação ter sido destruída pelo Império Romano, no ano 70 D.C, conforme avisado por JESUS! Portanto, a Igreja Cristã e as sociedades de Países que se dizem Cristãos em vez de muitos dos seus componentes criticarem e também muitas vezes até mesmo por diferentes métodos e de forma secreta ou publicamente assumida trabalhar contra a nação de Israel (como tem ocorrido ao longo da Era Cristã) deveriam se unir a esta nação respeitando a sua primogenitura espiritual diante de DEUS e os direitos dados por DEUS a esta nação inclusive o direito de posse da terra de Canaã e de Jerusalém devido a todos os fatos que mencionamos anteriormente, fatos estes que são bem conhecidos pela humanidade (Gênesis 12: 1-9; 13; 15: 17-21; 23; Levítico 18: 19-30; I Samuel 17; I Reis 8; 9; Jeremias 18; Daniel 4; 5; Mateus 21: 33-46; Números 34; Deuteronômio 2; 28; 29; 30; 32: 8; Atos 17: 24-28; Apocalipse 22:13; Deuteronômio 4; Ester 3:7-8; Mateus 21: 33-46; Lucas 13:31-35; 21:20-24; Romanos 3; 9; 10; 11; Apocalipse 7; Zacarias 14; Efésios 2)!        
Bem, o que estes três fatos narrados pela Bíblia têm a nos ensinar em todas as dimensões existenciais da nossa vida? Eu lhe respondo que muitas coisas estes três fatos têm a nos ensinar, leitores(as)! Assim, eu gostaria de hoje mais uma vez lhe trazer uma palavra de liderança Cristã para você leitor(a) seja quem for, esperando assim que ela também lhe abra muito os seus olhos espirituais, seu coração e a sua mente, pois estes três fatos mencionados na Bíblia possuem ensinamentos que mostram o que faz alguém aos olhos de DEUS ter o verdadeiro sucesso ou ser derrotado na conquista de um determinado território em qualquer dimensão existencial da sua vida! Então, analisemos bem as lições que DEUS através destas narrativas Bíblicas tem a nos ensinar e que muito me edificou ao ter ELE me mostrado estes ensinamentos:
a)    Quando Adão e Eva pecaram, eles e todos os seres humanos perderam as suas coroas de domínio na Terra para Satanás e seus demônios (que eram seres angelicais os quais ao se corromperem e terem sido expulsos do Céu se transformaram em seres malignos sendo chamados inclusive por diversos nomes tais como dragão e seus agentes, serpente e seus agentes, seres reptilianos, etc.) e, apenas quando a pessoa se converte a DEUS aceitando a JESUS CRISTO como seu único e suficiente Salvador e Senhor é que esta coroa lhe é devolvida (Gênesis 1: 26-31; 2; 3; Jó 1; Lucas 4; Hebreus 2; Isaías 27: 1; Mateus 7: 28-29; 9: 1-8; Lucas 10; João 8; 12: 30-31; Marcos 16: 14-18; II Timóteo 4: 7-8; Apocalipse 1; 20)! Portanto, se você ainda não se converteu a DEUS em CRISTO JESUS ou já se converteu a DEUS em CRISTO JESUS, mas ainda é incrédulo em relação ao poder de DEUS e às bênçãos que DEUS já disse que são suas em CRISTO JESUS, não seja incrédulo, não hesite, não seja covarde, não seja preguiçoso e nem acomodado em relação ao direito que DEUS lhe deu de usar o Nome de JESUS e tomar posse de todo e qualquer território de sua vida (saúde, família, profissional, prosperidade material e financeira, etc.) que porventura esteja sob o domínio do maligno, pois caso contrário você jamais será liberto completamente e nem desfrutará de todas as bênçãos que DEUS lhe devolveu ao ser humano em CRISTO JESUS, pois a salvação que DEUS oferece ao ser humano se refere tanto à questão da pessoa ter seus pecados perdoados e ter o direito de ser religado com DEUS enquanto está vivo nesta Terra e viver a vida eterna com DEUS quando sair deste planeta Terra como também se refere à questão do ser humano poder desfrutar de todas as bênçãos de DEUS nesta Terra em todas as dimensões existenciais da sua vida (Isaías 53; Mateus 4: 23; 7: 7-12; 22; Lucas 18; João 1; 10; Romanos 3: 21-31; 4; 5; 6; I Coríntios 7: 21; Efésios 1; 2;João 14:12-14; 16:24-28; Atos 3; 6:8; 8: 5-8; 19: 11-12)! E, para verdadeiramente de fato você reaver a sua coroa em todas as áreas da dimensão de sua vida não precisa você pagar para pessoa alguma fazer um trabalho e nem você precisa também trazer oferendas ou ficar cativo a determinadas obrigações espirituais, materiais e de hábitos (costumes), pois isto não passa de mera escravidão onde alguém paga para outrem (que recebe uma entidade demoníaca) fazer um trabalho de bruxaria que lhe traga poder, fama, dinheiro, proteção, “saúde”, etc, ou que desfaça o trabalho de feitiçaria que a outra pessoa lhe fez inclusive fazendo até mesmo retornar o mal a essa outra pessoa que lhe fez este mal por um ato de bruxaria ficando assim num jogo (disputa maligna) de vai e vem que só torna ambas as pessoas cada vez mais escravas espiritualmente, psicologicamente (emocionalmente) e financeiramente do Diabo e dos seus serviçais feiticeiros! Portanto, liberte-se hoje completamente destas coisas em o Nome de JESUS!   
b)   Na vida do ser humano mesmo ele(a) sendo convertido a DEUS em CRISTO JESUS podem existir vários territórios (saúde, família, profissional, prosperidade material e financeira, etc.) que ele ainda não tomou posse em definitivo para exercer o domínio sobre estes territórios e passe assim a desfrutar de todas as bênçãos que DEUS tem para o ser humano, ficando assim apenas num território intermediário! Você quer ver (dos vários exemplos que eu poderia citar nas diferentes áreas da nossa vida) dois exemplos desta realidade? O primeiro exemplo que podemos citar é na área de sua saúde física onde se constata que a pessoa que tem que tomar remédio por toda a sua vida ou viver fazendo outros tratamentos para controlar o mal que lhe aflige em sua saúde na verdade está num território intermediário de saúde, pois o território definitivo que DEUS lhe deu é a sua  perfeita (completa) libertação e cura voltando você assim a ter sua saúde física sem precisar ficar dependente de remédios e outros tratamentos médicos oriundos das práticas dos discípulos de Hipócrates (que pertencia a uma família sacerdotal de curandeiros que servia no templo da divindade pagã chamada Esculápio e Asclépio), discípulos estes os quais poderiam obter resultados 100% eficazes e eficientes de cura em todo e qualquer caso de enfermidade e deformações físicas se praticassem os princípios de cura ensinados por DEUS cujas práticas de cura não trazem efeitos colaterais, não trazem dor e desconforto algum para a pessoa, não precisam extirpar (retirar) órgãos ou membros, não requerem que se gastem recursos financeiros, não precisam que se façam exames que trazem desconforto e maltratam a pessoa e nem precisam que a pessoa tenha o seu corpo aberto, cortado ou furado para intervenções cirúrgicas ou tratamentos (II Crônicas 16: 12; Mateus 4:23-25; 8: 14-17; 9: 1-8, 27-33; 10; 12: 9-13; 13: 54-58; Lucas 7: 11-17; 8: 40- 56; 9: 37-43; 10; 13: 10-17; 14: 1-6; 17: 11-19; João 11; Atos 3; 6:8; 8: 5-13; 9: 32-43; 15: 21-28; 19: 11-12; João 4: 43-54; 14: 12-14; 21:25; II Reis 20:7; Apocalipse 22)! O segundo exemplo que podemos mencionar de que a pessoa pode estar num território intermediário é na questão da prosperidade material e financeira: ser dependente de políticas públicas sociais ou ser empregado de outra pessoa ou de alguma instituição (pública ou privada) dependendo assim do salário, do humor, das regras e da boa vontade de outra(s) pessoa(s) para lhe manter empregado em sua empresa, para lhe pagar um salário (que pode ou não atender às suas reais necessidades) e para lhe permitir crescer profissionalmente em termos de meritocracia e de oportunidades não significa que este seja o território definitivo de sua benção de prosperidade material e financeira, pois a terra da promessa que DEUS quer lhe dar em CRISTO JESUS é você ser cabeça e jamais cauda inclusive na questão da prosperidade material e financeira e na sua profissão (Deuteronômio 28)! Portanto, tenha muito cuidado com os territórios intermediários (trazidos pela incredulidade em relação a DEUS, medo, tentações e suas ilusões, preguiça, comodismo, etc.) que se apresentarem sobre a sua vida seja em qual área for devido aos perigos que eles podem lhe trazer: perigo de você ser tentado e cair na tentação de querer retornar ao local de onde DEUS disse para você sair e ao qual você não deve jamais voltar; perigo de você adquirir identidade, costumes e alianças com pessoas que não querem ter compromisso de aliança com DEUS e, portanto, não têm o mesmo propósito e chamado seu, que se tornou filho(a) de DEUS, que consiste em continuar a caminhada para o território definitivo de descanso (da materialização plena das bênçãos) que DEUS lhe deu perdendo assim a identidade, amizade e companheirismo das pessoas que também se tornaram filhos(as) de DEUS, estão com você e também estão de passagem e prosseguirão na caminhada para o território definitivo que DEUS lhes deu; perigo de perder o foco do(s) propósito(s) que DEUS lhe deu perdendo assim tempo com coisas e pessoas que não deveria perder tempo se acomodando, se amoldando, adquirindo e se apegando, portanto, às pessoas e aos valores e costumes que você não deveria culminando tudo isto na perda da sua fé em DEUS (apostasia) e em você não tomar posse do território definitivo das bênçãos que DEUS tem pra você, sua família e seus descendentes (Êxodo 34:12; Números 33: 55; 25; Josué 23:13; I Crônicas 5: 18-26; Mateus 24: 10- 14; Lucas 21: 19; I Coríntios 10; Gálatas 3; Filipenses 3; Colossenses 2; Hebreus 3; 11:13-16; João 14:1-4; )!      
c)    Mesmo a pessoa sendo convertida a DEUS, vários gigantes podem  aparecer diante da sua frente querendo tomar posse do seu território em diferentes áreas de sua vida (saúde, família, profissional, prosperidade material e financeira, etc.) cabendo, portanto, a você se posicionar de forma correta em CRISTO JESUS para que possa enfrentar e derrotar estes gigantes não lhes permitindo assim que eles tomem a sua coroa e nem tenham domínio sobre qualquer território (área) de sua vida (Gênesis 4: 6-7; Mateus 12: 43-45; João 16:33; Isaías 5: 13-17; Oséias 4:6; Mateus 10; Marcos 16: 14-18)! Portanto, sempre devemos agir por fé, jamais confessar com nossas próprias palavras a derrota diante destes gigantes, jamais acreditar no cenário ruim que se nos apresenta temendo os gigantes pelos seus nomes e pelo poder que possuem, mas sim resistir firme proclamando a nossa vitória no Nome de JESUS até que ela se manifeste (se materialize) completamente em nossa vida seja em qual área for (I Samuel 17; Habacuque 2:4; Jeremias 17: 7-8; Mateus 7: 7-12; 17: 14-21; 21: 18-22; Marcos 16: 14-18; Lucas 18: 1-8; Hebreus 10: 38-39; 11; Tiago 1; II Coríntios 5; Romanos 1: 17; 10; Gálatas 3:11; Efésios 4:27; 6:11; Tiago 4:7; I Pedro 4:8-9)! Veja que Davi não concordou em falar com a sua própria boca o nome de Golias, pois assim estaria proclamando (profetizando, declarando, determinando) a sua própria derrota, mas, sim, ele foi lutar no Nome do único e verdadeiro DEUS (que não tem nada em comum com Alá e demais divindades pagãs sejam elas de quais tradições religiosas existirem neste planeta Terra) com as armas, estratégias e habilidades que DEUS lhe havia dado (I Samuel 17: 26, 45; Mateus 6: 19-23; 12: 37; 15: 18-20; Lucas 12: 4-12; II Coríntios 4; Hebreus 11: 1-3; João 3: 27; I Samuel 16; I Pedro 2: 9-10; Apocalipse 1: 5-6; Isaías 44; II Coríntios 6:11-18)! 
Sabe, leitor(a) eu não tenho vergonha de lhe abrir meu coração dizendo-lhe que por muito tempo de minha vida apesar de ter nascido e crescido em um lar Cristão não conhecia estes princípios da vitória ensinados por DEUS até que as batalhas vieram e então eu percebi que algo estava errado na minha forma de entender e crer em DEUS, em Sua Palavra e no Seu poder! E, então, eu resolvi dar o passo de fé em DEUS aperfeiçoando a priorização do Reino de DEUS em minha vida, porém da forma correta, rompendo com paradigmas e estruturas espirituais equivocados chegando inclusive a sair da congregação religiosa Cristã (Igreja) da qual eu nasci, me criei, cresci e frequentava, pois infelizmente até hoje esta congregação não acredita, não aceita, não ensina e nem pratica estes princípios divinos ensinados por JESUS CRISTO (chegando inclusive a criticar, isolar e perseguir de forma sutil ou de forma impositiva as pessoas que creem nestes princípios divinos), estando assim até hoje repleta de pessoas completamente derrotadas pelo Diabo em diversas áreas de sua vida, muitas delas inclusive tendo perdido a sua vida prematuramente (algo que ocorre com frequência nas congregações religiosas Cristãs que assim agem devido viverem apenas na dimensão superficial do Evangelho ensinado por JESUS CRISTO), sendo isto algo contrário ao que DEUS diz, pois lembre-se que a morte é um acidente de percurso na vida do ser humano (passou a existir devido ao pecado) e segundo DEUS mesmo o ser humano no estado de corpo físico corruptível adquirido devido ao pecado é para viver pelo menos 120 anos plenamente saudável e disto temos como exemplos várias pessoas que existiram na humanidade no passado (mesmo depois do Dilúvio) e algumas que ainda existem hoje, exemplos estes do passado relatados inclusive na Bíblia (Gênesis 6: 1-3; 23:1; 25:7; Deuteronômio 34:7; Josué 14: 6-15; Êxodo 20:12; Salmos 91:14-16; Oséias 4:6)! Assim, hoje, lhe digo que já conquistei vários territórios de minha vida que estavam sob o poder do maligno e continuo crescendo neste aprendizado e praticando este aprendizado para conquistar outros territórios de minha vida que JESUS me abriu os olhos para que eu tome posse e passe a desfrutar de forma plena das bênçãos que DEUS já nos deu em CRISTO JESUS! Portanto, saiba e/ou lembre-se sempre, que os passos da vitória que consiste em obter o agir (a materialização, a operacionalização) do poder de DEUS em seu favor na sua vida, seja em qual área for, são:
a)    Ter fé em DEUS (fé verdadeira e não apenas uma concordância ou consentimento mental que não muda o seu modo de agir em relação ao que a Palavra de DEUS diz): Marcos 11:22; Romanos 10:17; Isaías 42:8; Hebreus 10:38; 11:1;
b)   Falar ao monte (ao seu problema seja ele qual for) determinando que ele saia de você ou do seu caminho em Nome de JESUS: Marcos 11:23;
c)    Não duvidar em seu coração: Marcos 11:23; Marcos 9:23; Filipenses 4:13; Salmos 27:3; Tiago 1:6-8;
d)   Crer que será feito o que se diz de acordo com a Palavra de DEUS: Marcos 11:23;
e)    Crer que tudo o que você disser segundo o que DEUS diz em Sua Palavra (a Bíblia) lhe será feito por ELE que honra a Sua própria Palavra para cumpri-la e, assim, passe de fato a ter a plena paz confiando que DEUS acionará o Seu poder em seu favor: Marcos 11: 23; Mateus 24:35; Jeremias 1:12; Tiago 4:1-3; João 14:11-14. 
Perceberam leitores(as), mais uma vez, quanto ensinamento tem a Bíblia para nos dar?
Portanto, leiam a Bíblia, faça parte de uma Igreja que seja fiel aos ensinamentos de JESUS, se tiverem dificuldades em ler e entender a Bíblia em seu início pelo Antigo Testamento (livro de Gênesis) comece a ler pelo Novo Testamento a partir do Evangelho de JESUS CRISTO segundo Mateus, Marcos, Lucas e João e, lhes recomendo adiante alguns livros que lhe ajudarão nestes ensinamentos que lhes mostrei sobre liderança Cristã como ainda lhes recomendo que leiam as lições do Curso Fé para entenderem também mais a respeito destes ensinamentos Bíblicos que escrevi nesta postagem, lições estas as quais podem ser acessadas diretamente na aba direita deste nosso blog intitulada “Recomendamos (Links Para Você Visitar)”. Os livros que lhes recomendo são:
- O nome de JESUS. Autor: Kenneth E. Hagin. Graça Editorial;
- Curais enfermos e expulsai demônios. Autor: T.L. Osborn. Graça Editorial;
- Orando a Palavra. Autora: Valnice Milhomens Coelho. Palavra da Fé Produções;
- Como tomar posse da bênção. Autor: R.R. Soares. Graça Editorial.
Vamos orar?
Senhor meu DEUS e meu Pai, em o Nome de JESUS CRISTO eu coloco a minha vida em Tuas poderosas mãos crendo que em JESUS tenho todos os meus pecados perdoados e te peço que abras o meu coração e a minha mente mostrando-me cada vez mais a Tua boa, agradável e perfeita vontade para que eu possa me conduzir à terra das Tuas promessas livrando-me de todo o mal e firmando os meus pés na Rocha Viva que é o Teu Filho o Senhor JESUS. Entrego a minha vida a Ti, meu Pai que és Santo, Justo e Verdadeiro, assim, livra-me de todo engano do pecado e proclamo (declaro, profetizo, determino) que no Nome de JESUS estou livre de todo mal e que serei a partir de hoje conduzido(a) pelo Teu SANTO ESPÍRITO nas veredas da Tua justiça por amor do Teu Nome em todas as áreas de minha vida, amém...          

Pra.Carmem (Pra. Acsa)

Nenhum comentário: