MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ

MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ - EDIFICANDO O CARÁTER E A LIDERANÇA NA IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO

UNIVERSIDADE TEOLÓGICA GRAÇA E PAZ – Site: https://sites.google.com/site/icfeinstitutocristaodeformacao/

(Gênesis 17:1) - "Eu Sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê íntegro".

(Levítico 19:2) - "Portanto, santificai-vos e sede santos, pois Eu sou o Senhor vosso Deus";

(Provérbios 14:34) - "A justiça exalta os povos, mas o pecado é a vergonha das nações".

(Apocalipse 22:11) - Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.

quarta-feira, 1 de março de 2017

O REINO DE DEUS....



O REINO DE DEUS

Graça e paz e boa tarde, Leitores(as)!



Durante estes últimos dias eu estive refletindo sobre as principais características do Reino de Deus e então resolvi escrever esta mensagem para que você, discípulo(a), Igreja (congregação, comunidade, povo bendito) e Noiva preciosa do Senhor Jesus Cristo tenha consciência e jamais se esqueça dessas principais características deste Reino e, também jamais confunda a identidade, os princípios, valores e características desse Reino de Deus com outras coisas na Terra.... Então, vamos lá para as trinta e três principais características do Reino de Deus que eu espero que sirvam muito de instrução e alerta para a sua caminhada de discípulo(a) do Senhor Jesus Cristo e que contribuam para que você vá para o Céu:  

1)    Nome deste Reino: Salém - Justiça e Paz (Isaías 9: 1-7; Hebreus 7: 1-4);

2)    Localização geográfica do Reino de Deus: No Céu, na dimensão espaço-tempo da eternidade (Êxodo 20: 22; Salmos 2; 19; 115: 16; Isaías 6; 66:1; Ezequiel 1; 10; II Coríntios 12; Apocalipse 1; 4);

3)    Modelo arquitetônico de sua cidade: Quadrangular (Êxodo 25; 27; 38; I Reis 6: 19; I Crônicas 28; Apocalipse 21); 

4)    Quantas moradas tem a cidade deste Reino: Muitas (João 14: 1- 4);

5)    Principais características deste Reino: Justiça, paz e alegria no E.S (Romanos 14: 17-19);

6)    Governantes deste Reino: Deus – Pai, Filho e E.S (Gênesis 1:1; Daniel 7: 13-14; João 3: 31-36; 5: 16-47; 10: 22-42; I João 5: 1-13);

7)    Princípio fundamental do ordenamento jurídico de todas as leis de sua Constituição (Carta Magna): o amor Ágape – sacrificial, que se doa sem interesse algum de benefício próprio, mas que deseja apenas ver o bem da pessoa amada (João 3: 16-17; Mateus 22: 34-40; Romanos 5; 13: 8-10; I Coríntios 13; I João 4:7-21);

8)    Tipos de cidadãos deste Reino: Celestiais e terrenos (Mateus 22: 29-33; I Coríntios 15);

9)    Única forma de andar e viver que agrada aos Governantes deste Reino: Pela fé e em santidade que consiste em viver buscando a separação do pecado (Gênesis 17:1; Êxodo 20; Levítico 19:2; Salmos 15; João 17: 17; I Timóteo 4:4-5; Efésios 4; 5; Hebreus 11; 12: 12-29);

10) Primeira Embaixada Oficial deste Reino na Terra: No País de Israel, especificamente em Jerusalém (Gênesis 12: 1-7; 17; Êxodo 19; Mateus 5: 33-37; Romanos 3);

11) Locais das outras Embaixadas deste Reino: As Igrejas de todos os povos e nações da Terra constituídas pelo único fundamento que é o Senhor Jesus Cristo no coração dos seres humanos (Mateus 16: 13-19; 28: 18-20; Lucas 12: 31-32; Atos 10; I Coríntios 3; Efésios 1; I Pedro 2; Apocalipse 1; 2; 3);

12) Formas das Embaixadas se comunicarem com a sede do Reino no Céu: Oração, louvor, ações de graças e adoração em Espírito e em verdade (Mateus 6: 5-13; João 4: 19-24; 14; I João 5:14-15);

13) Como as Embaixadas deste Reino se multiplicam e crescem e quem são os seus Embaixadores e Embaixatrizes: Pela proclamação do Evangelho (Boas Novas) do Senhor Jesus Cristo e todos os que se convertem a Deus por este Evangelho são chamados Embaixadores e Embaixatrizes (Mateus 28: 18-20; Atos 1; 2; 19: 9-10; I Coríntios 2; 3; Efésios 2: 11-22; I Timóteo 3; II Timóteo 4: 1-5; Tito 1; 2; Gálatas 3: 27-28; );

14) Quais os ofícios que os Diplomatas exercem nas Embaixadas: Diversos (Mateus 25: 14-15; Romanos 12; I Coríntios 12; 14; Efésios 4; I Pedro 4:8-11);

15) A que são comparados os maiores status (posição social) que os cidadãos deste Reino podem ter: Ao de servo fiel e de criança (Mateus 19: 13-15; 20: 20-28; 24: 45-51; Marcos 9: 30-37; João 13);    

16) Quando ocorrem as reuniões do seu corpo Diplomático na Terra: Quando tem dois ou três reunidos em Nome do Senhor Jesus Cristo (Mateus 18: 18-20; Efésios 5: 18-21);

17) Qual a mensagem que os Diplomatas (cidadãos, Embaixadores) das Embaixadas sempre anunciam: Jesus Cristo é o Caminho, a verdade e a vida; ninguém chega ao Pai a não ser por Ele (João 14:6); Jesus Cristo é a ressurreição e a vida (João 12:25); Jesus Cristo é a única Pessoa que pode salvar o ser humano da escravidão do pecado, do domínio opressor do Diabo, da morte eterna e do Inferno (Atos 4:12; II Coríntios 5; Efésios 2; Colossenses 1);

18) Principais rituais públicos de ingresso e de celebração ensinados pelos Governantes deste Reino para que sejam realizados pelos seres humanos nestas Embaixadas: Batismo consciente por imersão nas águas e Santa Ceia em memória do Senhor Jesus Cristo (Mateus 3; 26: 17-30; 28: 18-20; Romanos 6);

19) Fonte de Renda que as Embaixadas deste Reino utilizam para executarem as suas atividades diplomáticas: Dízimos e ofertas (Levítico 1; 2; Números 18: 21-32; Malaquias 3: 7-12; Mateus 10; 23: 23; Lucas 8: 1-3; 21: 1-4; I Coríntios 9; II Coríntios 9; Gálatas 6:6; );  

20) Método diplomático ensinado e aplicado por este Reino e todas as suas Embaixadas para resolver todos os conflitos entre o ser humano e Deus e entre todos os seres humanos dos povos e nações da Terra em todos os seus relacionamentos: O perdão (Salmos 86; Mateus 6: 14-15; 18; Lucas 7: 36-50);

21) O único Caminho e Porta para respectivamente se chegar e entrar neste Reino: O Senhor Jesus Cristo, único Mediador entre Deus e os seres humanos (João 10; 14: 6; I Timóteo 2: 5);

22) Quais as dimensões do Caminho e Porta que levam a este Reino: O caminho é apertado e a porta é estreita (Mateus 7: 13-14);

23) Única forma dos seres humanos ingressarem neste Reino: Aceitando o passaporte (convite de resgate) efetuado pela Obra redentora de Jesus Cristo na cruz (João 1; 3; Marcos 1: 14-15; Lucas 3; Romanos 1: 16; 2; 3; 4; 5; 10; Efésios 2; Colossenses 1);

24) Quem é convidado para ser cidadão deste Reino: O ser humano de todo e qualquer povo, língua e nação, não importando a sua classe social, sexo, cor e nem o seu tipo de vida que tenha vivido e o que tenha feito na Terra (Marcos 2; Mateus 13: 44-53; 21; 22; Lucas 18: 9-14; 19; Gálatas 3:27-28);    

25) Única forma de ganhar o visto permanente de cidadão deste Reino: Permanecendo fiel até o fim aos ensinamentos dos seus Governantes e às atribuições que lhes foram confiadas e para as quais foram designados (Ezequiel 18; Mateus 7: 21-29; 13; 22: 1-14; 24: 12-13; 25; João 13: 35; 15; Hebreus 4; 12: 12-17);

26) Direitos de todos os cidadãos deste Reino: Mediante o Nome do Senhor Jesus Cristo e sem precisar pagar coisa alguma todos têm o direito de serem libertos, curados e prosperarem em todas as dimensões existenciais da sua vida (Deuteronômio 28:1-14; Salmos 89; Isaías 55; Mateus 4: 23-25; 10; Marcos 1: 21-45; 9:23; 11: 19-26; Lucas 18: 1-8; João 8; Atos 3; 9: 32-43; II Coríntios 1:20; Efésios 1);   

27) Armaduras de defesa e ataque que os cidadãos terrenos deste Reino possuem: O cinto da verdade, a couraça da justiça, os sapatos do Evangelho da paz, o escudo da fé, o capacete da salvação e uma espada que é a Palavra de Deus (Efésios 6: 10-20);

28) Postura de alerta que todos os cidadãos deste Reino devem ter na Terra: Vigiar e orar sempre (Mateus 26: 36-46; Efésios 6: 18; I Tessalonicenses 5: 17-18);

29) Formas dos(as) Embaixadores(as) deste Reino se comportarem na Terra conforme recomendações dos Seus Governantes: Simplicidade, prudência, sem causar escândalos, sendo sal da terra e luz do mundo e como uma virgem prudente (Mateus 5: 13-14; 10: 16; 18; 25: 1-13; I Coríntios 10);

30) Qual o tamanho da estrutura inicial deste Reino que os seus Embaixadores levam consigo para iniciar a implantação deste Reino na Terra: Uma semente do tamanho do grão de mostarda (Mateus 13; Marcos 4: 26-32);

31) Principais ameaças existentes às Embaixadas deste Reino na Terra: Esfriamento e abandono do Amor e da fé, a cobiça do mundo (dinheiro, poder, posição social, sexual, etc.), a desobediência a Deus e as heresias (ensinamentos mentirosos) dos falsos mestres e dos demônios (Mateus 24: 10-14; Apocalipse 2; 3; Mateus 5: 27-32; 6: 19-34; 7: 15-29; 13: 24-43; 16: 5-12; 19: 16-30; 20: 20-28; 21: 28-46; 24: 45-51; Lucas 5: 24-28; 12: 13-34; 16: 19-31; Atos 20: 17-38; I Coríntios 6; II Coríntios 11; Gálatas 1; 3; Hebreus 12: 12-29; Tiago 4; 5; I Timóteo 4; 6; II Timóteo 3; 4; Tiago 4; 5; II Pedro 2; I João 4; Epístola de III João; Epístola de Judas; Apocalipse 22: 14-15);       

32) Quando este Reino Celestial governará visivelmente em toda a Terra: Durante o Milênio de Cristo, a partir de Jerusalém, no País de Israel (Isaías 11; 62; 66; Zacarias 14; Mateus 24; 25; Lucas 19: 11-27; Atos 17: 30-31; Apocalipse 11: 15-19; 20; 21; 22);

33) Único livro na Terra onde se encontra a História completa deste Reino de Deus: A Bíblia (João 5: 39-47; Lucas 24: 13-53; II Timóteo 3: 14-17)...       

Pra. Carmem (Pra. Acsa).

Nenhum comentário: