MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ

MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ - EDIFICANDO O CARÁTER E A LIDERANÇA NA IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO

UNIVERSIDADE TEOLÓGICA GRAÇA E PAZ – Site: https://sites.google.com/site/icfeinstitutocristaodeformacao/

(Gênesis 17:1) - "Eu Sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê íntegro".

(Levítico 19:2) - "Portanto, santificai-vos e sede santos, pois Eu sou o Senhor vosso Deus";

(Provérbios 14:34) - "A justiça exalta os povos, mas o pecado é a vergonha das nações".

(Apocalipse 22:11) - Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

ACORDE: JESUS CRISTO ESTÁ MUITO PRÓXIMO DE VOLTAR-2 (FIQUE LIGADO - 2)




- 2: AVERIGUANDO AS CREDENCIAIS
(SINAIS) DOS FINAIS DOS TEMPOS

Você alguma vez já observou como o nosso planeta e a nossa existência estão marcados pelo fenômeno das credenciais, ou seja, marcados por sinais que transmitem informações sobre conteúdo, formas, características e período de tempo? Vejamos alguns exemplos:- O movimento (frequência) da energia na dimensão espaço-tempo emite sinais visuais e sonoros que podem ser observados e caracterizados por cores e sons respectivamente visíveis e invisíveis à visão humana e que podem ser escutados ou não pelo ouvido humano;
- O clima de um determinado local possui características próprias que permitem classificá-lo em tipologias específicas e também possui diferentes fases que possibilitam reconhecermos e classificá-las como estações de verão, outono, inverno e primavera;
- A atmosfera e os sinais meteorológicos naturais e artificiais indicam se teremos um dia de sol ou de chuva;
- As rochas possuem características mineralógicas distintas que possibilitam o seu enquadramento em categorias geológicas específicas;
- Os solos possuem texturas e porosidades diferentes as quais permitem classificá-los em diferentes tipologias;
- Os biomas possuem características ambientais e de biodiversidade específicas que permitem enquadrá-lo como pertencente a uma determinada região;
- Um ambiente degradado possui características nítidas que permitem avaliar o tipo e o grau desta degradação;
- Os vegetais e animais possuem características-diagnóstico específicas que possibilitam sua classificação taxonômica e genética em diferentes grupos e também sua classificação sexual;
- Cada fruto possui características específicas as quais possibilitam identificá-lo como pertencente a determinada planta;
- Os seres vivos demonstram sinais indicadores que revelam o seu estágio de maturidade fisiológica e nós, seres humanos, além destes sinais também manifestamos sinais que revelam a maturidade emocional e espiritual;
- Os seres humanos possuem tipologias físicas diferentes, falam idiomas e dialetos distintos e manifestam elementos culturais específicos que permitem identificá-los como pertencentes a determinadas regiões e nacionalidades;
- Os idiomas e dialetos possuem códigos sonoros e gráficos que transmitem informações e possibilitam identificarmos de qual região, grupo étnico e nacionalidade pertencem;
- As religiões possuem símbolos e rituais que revelam os princípios, paradigmas, valores e costumes de suas crenças;
- As diferentes áreas do conhecimento possuem princípios, paradigmas e métodos de análise específicos que permitem enquadrá-las como pertencente às Ciências Agrárias, Exatas, Humanas, Sociais, etc;
- Os conhecimentos filosófico, sociológico, antropológico, psicológico, pedagógico e matemático possuem diferentes correntes e métodos de investigação e análise da realidade os quais permitem respectivamente a existência de várias correntes filosóficas, sociológicas, psicológicas e pedagógicas de pensamento e diferentes leituras e interpretações matemáticas da realidade (através da álgebra, geometria, trigonometria, estatística, economia, física e química), correntes de pensamento estas as quais possuem paradigmas, categorias, códigos e métodos próprios de análise de tal forma que conseguimos identificar estas correntes de pensamento numa determinada leitura;
- Você que é membro de alguma família pertencente a um sistema de organização social, econômica e política sob a forma de casta ou monarquia sabe respectivamente que sua casta ou família é representada por alguma insígnia ou brasão e possui um título de nobreza humanamente criados e adotados os quais servem para falar das origens de sua família, para revelar o arquétipo inspirador dos costumes e tradições de sua família e para demarcar sua área de atuação territorial, sua posição socioeconômica-política, seu status (direitos e privilégios) e papel (deveres, atribuições) na sociedade;
- Você que pertence a alguma corporação militar possui uma patente e/ou condecorações que podem ser visualizadas por símbolos em suas vestimentas, patentes e condecorações estas humanamente criadas e adotadas as quais servem para demarcar sua área de atuação territorial, sua posição socioeconômica-política, seu status (direitos e privilégios) e papel (deveres, atribuições) na sociedade e, no caso das condecorações, servem como memorial indicativo de seus serviços prestados à corporação ou à sociedade;
- Você que exerce algum cargo de governança originado de um sistema político-partidário possui algum título humanamente criado e adotado que, semelhantemente aos membros de castas e de famílias monárquicas, servem para demarcar sua área de atuação territorial, sua posição socioeconômica-política, seu status (direitos e privilégios) e papel (deveres, atribuições) na sociedade;
- As representações de cidades, Estados e Países são em forma de bandeiras que possuem símbolos que revelam a gênese de formação da nacionalidade do povo que esta bandeira representa;
- Quando alguém chega a um País, Cidade, residência ou evento comemorativo é normal que antes da mesma entrar nestes locais esta pessoa respectivamente ter suas credenciais averiguadas seja pelo passaporte ou por obtenção de informações diretas deste alguém ou de terceiros, ou por uma senha;
- Os partidos políticos possuem logomarcas e correntes de pensamento que revelam os seus paradigmas ideológicos;
- As empresas utilizam logomarcas que identificam seus produtos e/ou serviços e que também servem de marketing para promovê-las e se destacarem no mercado;
- As profissões possuem símbolos que identificam suas atividades de trabalho;
- É normal sempre procuramos consumir produtos e obter prestações de serviços respectivamente de boa procedência e de pessoas que atestem as devidas qualificações para a prestação destes serviços através de credenciais profissionais;
- Você quando olha para um automóvel, bicicleta ou moto consegue distinguir seus modelos e marca de fábrica, pois eles possuem credenciais em forma de estruturas e símbolos que permitem identificar respectivamente o seu modelo e marca de fábrica de origem;
- Você já deve ter ouvido falar na tradição Judaico-Cristã que quando JESUS nasceu três pessoas misteriosas, que não eram de origem judaica (chamadas de magos, sábios), visitaram Maria e José para entregar presentes a JESUS, presentes estes os quais naquela época eram usados para revelar as credenciais das pessoas: ouro (realeza), incenso (divindade) e mirra (unção sumo-sacerdotal). Estes sábios pertenciam a uma Ordem e Escola de sábios a qual no passado havia sido liderada pelo profeta Daniel na Antiga Babilônia e, por serem conhecedores e um dos guardadores dos escritos proféticos revelados por DEUS a Daniel ao verem o misterioso sinal nos Céus consultaram estes escritos e verificaram que o tempo indicado por DEUS para o nascimento do Messias estava se cumprindo. Assim, eles foram de perto conferir o cumprimento da profecia e adorar o Filho de DEUS, Aquele que foi enviado por ELE para comunicar a sua mensagem final nestes últimos dias que estamos vivendo!
Bem, como você pode perceber nós poderíamos nos estender muito acerca da existência do fenômeno das credenciais, porém, você já está vendo que ele é bastante marcante em nossa existência e que traz informações diversas sobre a realidade que nos cerca!
Sabe, certa vez quando JESUS estava na Terra ensinou para as pessoas sobre a necessidade de estarem ligadas e serem sábias na averiguação dos sinais que indicariam os finais dos tempos da Terra na qual vivemos como também criticou fortemente as pessoas que apesar de verem e reconhecerem estes sinais comportam-se como se não os estivesse vendo e continuam vivendo de forma incrédula e sem tomar uma posição responsável diante de DEUS e no planeta no qual vive em relação a todas as dimensões existenciais!
Antes de entrarmos propriamente nos sinais dos finais dos tempos de nossa casa chamada Terra, eu gostaria de fazer algumas considerações:
a) O estudo e entendimento da Escatologia (área do conhecimento Teológico que estuda as profecias e sua relação com o futuro da humanidade) não devem servir como meios para causar medo, terror e para manobrar as pessoas, mas, sim, como alerta de DEUS (que é Onisciente) e forma sábia de entender o tempo e a realidade que vivemos bem como são indicadoras das ações que precisamos tomar no presente e no futuro (pois a profecia serve para edificar, exortar e consolar), ações estas tais como precauções, não conivência com as pessoas e os fatos ruins causadores das desgraças que sobrevirão à humanidade, posicionamentos, compromissos e responsabilidades a serem assumidos com DEUS, com as demais pessoas e com o planeta em que você vive no sentido de em sua geração fazer a sua parte para a preservação da vida humana e da Terra que é a sua casa;
b) Os sinais e acontecimentos proféticos, excetuando-se as intervenções de DEUS na humanidade tais como os juízos de DEUS sobre a humanidade, a primeira vinda e a volta de JESUS, as intervenções na nação de Israel, o surgimento da Igreja na Terra e o seu arrebatamento (retirada, rapto) e algumas outras intervenções históricas, não significam eventos determinados por DEUS, mas, sim, respectivamente, avisos e episódios reais que acontecerão com a humanidade como conseqüências das suas próprias decisões e ações na Terra;
c) No estudo das profecias precisamos considerar que na dimensão espiritual da eternidade o passado, o presente e o futuro são partes de uma mesma dinâmica da realidade, o tempo, o qual se constitui de ciclos com duas dimensões, ou seja, as dimensões divina (eterna, infinita e imortal) e humana, sendo que toda a cronologia e contexto da dimensão humana está contida na divina pois, DEUS é o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, portanto, no Universo as primeiras e últimas palavras e ações pertencem a ELE.
d) Na dimensão divina vale lembrar que a própria contagem do tempo é diferente da realizada pelo homem, revelando assim que o princípio da existência da vida não está nas limitações da criação, mas, sim, na eternidade do CRIADOR, pois a própria mortalidade existente na criação em nossa dimensão é uma saída acidental do propósito eterno de DEUS introduzida por Satanás pela permissão da humanidade (Gênesis 2; 3; Salmos 90; Eclesiastes 3; Daniel 7; 12; Romanos 8:18-25; II Pedro 3; Apocalipse 21: 1 - 6). Assim, a dimensão da eternidade nos revela que uma profecia Bíblica pode abranger e ter o seu cumprimento total em mais de um período de tempo ficando o passado, o presente e o futuro pertencentes a uma mesma dinâmica: a da eternidade (Apocalipse 1:19; 22: 6 – 7).
e) Outra questão a ser considerada no estudo das profecias é que o simbólico deve ser interpretado e compreendido na perspectiva do que ele significa para DEUS e representa para o homem e, dele, podemos obter, aprender e apreender inúmeras lições e aplicabilidades com ensinamentos sempre atuais devido estarem fundamentados na dimensão da eternidade onde, vale lembrar, passado, presente e futuro são dinâmicas da mesma.
f) A profecia (seja ela através de ministério ou dom profético) desde Abel (primeiro profeta da humanidade, Lucas 11: 49-51) até João Batista (último profeta da dispensação da Lei, Mateus 11: 13), JESUS CRISTO e os seus Apóstolos (profetas da dispensação da Graça (Deuteronômio 18: 15 – 22; João 5: 39 – 47; Atos 3: 11 – 26) anunciou e tem preparado a redenção da humanidade através da vinda, da obra e da futura volta de JESUS CRISTO à Terra (Gênesis 4: 1-7; Isaías 9; 11; 32; 35; 42; 49; 50; 52; 53; Joel 2: 28,32; Miquéias 5; Malaquias 3; 4; Salmos 16; 72; 110; Atos 2: 16 – 36; 3: 18 – 26; Lucas 24: 25 – 49; Mateus 24; 25; Apocalipse 19: 10, etc).
Vejamos, portanto, agora alguns dos sinais indicadores dos finais dos tempos:
1) Aumento do aquecimento global, de catástrofes ambientais, das crises sociais, econômicas e políticas e das perseguições aos seguidores(as) do Evangelho (Evangelhos segundo Mateus 24, Marcos 13 e Lucas 21, Apocalipse 6, 8, 9, 16): Catástrofes ambientais (terremotos, tsunamis, etc), guerras e rumores de guerras, fomes e pestes passaram a acompanhar a trajetória do ser humano na Terra desde que ele saiu do Éden e começou a implantar seu modelo de civilização (organização religiosa, social, econômica e política) na mesma. O que as profecias registradas na Bíblia indicam e que JESUS deixou bem claro é que por se multiplicar bastante a iniqüidade (maldade) dos seres humanos nos últimos dias que antecedem a Sua volta uma das conseqüências deste aumento da maldade (que leva a um modo de vida destruidor na Terra) consistirá inevitavelmente no aumento destes fatos num processo crescente cujo clímax levará a uma crise sistêmica em todas as dimensões existenciais da vida na Terra, pois tais fatos acontecem devido ao modo de vida adotado pelos seres humanos que, por sua vez, é praticado devido à desobediência dos mesmos a qual é caracterizada pelo fato de não quererem seguir os princípios de vida, de gerenciamento e o projeto de civilização idealizado por DEUS! Diariamente presenciamos na mídia a realidade de como este processo está ocorrendo em nossos dias, pois já estamos experimentando o aumento do aquecimento global, dos terremotos, tsunamis, da fome, do crescente poderio de tecnologia militar sendo usado em guerras cada vez mais sofisticadas, eficientes e eficazes no poder de destruição dos seres humanos e do meio ambiente. Só para citar alguns exemplos trago alguns dados:
Registros de terremotos com vítimas segundo dados do Dr. João Milne informados pela Associação Britânica para o Avanço da Ciência
Séculos D.C - Quantidade de Terremotos
1 - 15
2 - 11
3 - 18
4 - 14
5 - 15
6 - 13
7 - 17
8 - 35
9 - 59
10 - 32
11 - 53
12 - 84
13 - 115
14 - 117
15 - 174
16 - 253
17 - 378
18 - 640
19 - 2119
20 - 2.500
Do século 1 D.C ao século 20 tivemos um aumento de terremotos equivalente a 16.666,67 %! Podemos também observar que nestes últimos 100 anos tem aumentado o número de furacões e tufões cujos registros preliminares indicam a morte de 1.131.671 pessoas. De 1692 até 2009 tivemos 21 tsunamis e, apenas nestes últimos cinco anos presenciamos a ocorrência de duas grandes tsunamis que mataram milhares de pessoas!
Eu moro num País tropical e esta semana recebi pela mídia oficial a notícia de que o Estado da Federação no qual eu moro devido ao aquecimento global está com a sua temperatura 2,5° C mais alta. Os especialistas em mudanças climáticas avisam que até 2100 a temperatura da Terra poderá aumentar de 1,1 até 6,4 ° C! E todos nós podemos perceber que a sensação térmica de calor em toda a Terra tem aumentado e que o clima hoje está mais quente do que quando éramos crianças. Certa vez ouvi de um agricultor que a sensação de calor e os efeitos dos raios solares que ele sente atualmente quando está no campo às sete horas da manhã ele sentia trinta anos passados apenas a partir das 10 horas da manhã! Nada melhor do que as pessoas que trabalham no campo, no mar, nas ruas e a extinção das espécies da flora e da fauna para falarem do aquecimento global e para revelarem o crescente processo de destruição que estamos executando em nosso planeta! Muitas pessoas, principalmente os que exercem o poder socioeconômico-político nas nações, não têm a noção real da gravidade desta destruição porque elas têm melhores condições financeiras que lhes permitem possuir ar condicionado em seus lares, em seus trabalhos, em seus carros, nas instituições que freqüentam (de ensino, hospitalar, religiosa, de lazer, etc) e, assim, conseguem minimizar a sensação e os efeitos diretos do aquecimento global em seus corpos, favorecendo isto também a uma maior alienação em relação à consciência da seriedade do processo de crise ambiental, social, econômica e política que a maioria da humanidade está enfrentando! Falando nisto, isto é, nas vantagens que as pessoas com maiores recursos financeiros têm, você sabia que caso haja uma guerra nuclear em toda a Terra praticamente todas as nações têm abrigos anti-nucleares para protegerem seus governantes e sua elite dominante e só quem vai pagar o pato somos nós, a maioria restante da população mundial? Portanto, seja uma pessoa sábia ao escolher seus governantes e delegue o gerenciamento de sua nação para pessoas de bom senso que não fiquem brincando de quem é o mais forte, que não utilizem as guerras para diminuírem seu contingente populacional e a pressão por divisão dos recursos materiais (moradias, alimentos, serviços de saúde, etc) em sua própria nação e que também tenham compromisso em contribuir com a conservação e preservação ambiental! Em relação à perseguição aos seguidores(as) do Evangelho vale ressaltar que em toda a História do Cristianismo desde a época de CRISTO até os nossos dias sempre ocorreram perseguições diretas e indiretas às pessoas religiosas ou não religiosas que vivem e falam dos princípios do Evangelho! É só você pesquisar e ver como no passado e no presente respectivamente sempre existiu e ainda há estruturas religiosas e políticas que perseguem a proposta de modo de vida do Evangelho, principalmente nos Países que hoje classificamos como pertencentes à janela 10/40 do globo terrestre a qual concentra atualmente o maior contingente populacional da Terra (cerca de 3,2 bilhões de habitantes distribuídos em 62 Países), com pessoas que em sua maioria ainda não ouviram acerca do Evangelho e cuja região abriga regimes de governos totalitários, extremamente opressores, perseguidores da Igreja Cristã e com propostas de expansão, hegemonia e imposições religiosa, cultural, política e econômica para as demais nações da Terra as quais muitas vezes pela subserviência ao poder do petróleo e demais interesses (geopolíticos, etc) fecham os olhos para estas e muitas outras questões e têm feito cada vez mais perigosas concessões e alianças com os mesmos! Estes povos da janela 10/40 são descendentes de pessoas que na época de JESUS ouviram a mensagem do Evangelho (Mateus 4:23-25), porém depois eles a abandonou e hoje a grande maioria dos seus descendentes não seguem o Evangelho!   
2) Surgimento de falsos Cristos e falsos profetas, esfriamento do amor, apostasia, aumento dos escândalos, multiplicação da iniqüidade e surgimento de uma “nova ordem mundial” (Evangelhos segundo Mateus 24 e Lucas 21, I Epístola de Paulo a Timóteo I, II Epístola de Paulo a Timóteo 3, 4; II Epístola de Paulo aos Tessalonicenses 2, Daniel 2, 7, 8, 9: 20 – 27; 11; I João 2: 18-29, 4: 1 – 6; Apocalipse 13, 14, 17): Basta você olhar diariamente na mídia ou pesquisar os registros da mídia e policiais que verificará claramente como nos últimos tempos tem ocorrido o aumento generalizado em toda a Terra da violência em suas diferentes modalidades (abusos sexuais, pedofilia, tráfico de seres humanos para fins de exploração sexual, trabalho escravo e tráfico de órgãos, latrocínio, homicídios, infanticídios, abortos, parricídios, matricídios, crime organizado, máfias, etc), aumento de adeptos de ideologias religiosas e socioeconômica-política totalitárias, do surgimento de falsas lideranças religiosas e políticas que manobram as pessoas para seus próprios interesses inclusive com poder de vida e de morte sobre as pessoas, de regimes totalitários com poder de vida e de morte sobre as pessoas e com ideologias anti-democráticas, anti-Cristas, anti-Semitas, nazistas e fascistas, aumento de lideranças políticas corruptas, cínicas, dissimuladas e descompromissadas com a verdade, com a justiça e que fazem de tudo para livrar seus aliados políticos de punições judiciais! Em relação à “nova ordem mundial” lhe digo que ela é tão antiga quanto a Torre de Babel que foi o primeiro processo de globalização pós-dilúvio a surgir na Terra! Certo dia, a algum tempo, li na internet que as últimas descobertas arqueológicas no local onde a Torre de Babel se encontrava revelaram a existência de uma câmara secreta com um artefato e uma substancia residual semelhante a que as bombas atômicas deixam no local em que explodem. Se isto realmente for verdadeiro tudo indica que a humanidade naquela época já estava manipulando a energia nuclear e, pior de tudo, provavelmente estabelecendo um processo de globalização de forma autoritária e com ameaças de uso desta tecnologia contra quem não se submetesse ao projeto de unificação e tentativa de “chegar onde DEUS habita”! Então, caso esta descoberta seja verdadeira, mais um motivo para DEUS ter resolvido intervir de forma sobrenatural alterando a programação lingüística da humanidade e estabelecendo grupos lingüísticos distintos! Vale salientar ainda que a História da humanidade e os registros Bíblicos mostram que sucessivas tentativas de processos de globalização foram impostas e executadas na Terra de forma autoritária e com uso da força pelas grandes civilizações e impérios que existiram como também os registros Bíblicos mostram que no tempo final dos últimos dias antes da volta de JESUS infelizmente grande parte da humanidade optará pelo estabelecimento de um governo mundial socioeconômico-político autoritário como nunca antes presenciado pela mesma e com grande poder tecnológico e de engano religioso, realidade esta cujo cenário da conjuntura socioeconômica-política tem se configurado nestes últimos dias dos finais dos tempos conforme já mencionamos no item anterior!
3) A volta de Jerusalém para os judeus, a pregação do Evangelho em toda a Terra, o arrebatamento da Igreja, a ressurreição dos mortos e a volta de JESUS a Terra para estabelecimento do Seu Governo milenar (Daniel 9: 20 – 27, 12; Evangelhos segundo Lucas 21: 20 – 24, Mateus 24: 14, 29 - 51, 25, Marcos 13: 24 - 37 e João 5: 28 – 29, 14: 1-3; I Epístola de Paulo aos Coríntios 15; I Epístola de Paulo aos Tessalonicenses 4: 13 – 18; 5: 1 – 11; Apocalipse 14: 6 – 7, 20): Quando JESUS estava ministrando aos discípulos(as) acerca dos sinais dos finais dos tempos ELE falou sobre um dia de grande ira sobre a geração da nação judaica que juntamente com os gentios o rejeitaria. A História mostra que no ano 70 D.C exatamente como JESUS falou aconteceu: o imperador romano Tito com suas legiões cercaram e depois invadiram Jerusalém destruindo-a completamente e os judeus tiveram uma nova diáspora na Terra. Os judeus cristãos quando viram os exércitos romanos chagando para cercar Jerusalém lembraram-se do aviso de JESUS e não entraram na cidade e assim foram salvos da grande destruição executada por Roma. Porém, quando JESUS ensinou sobre esta destruição também informou que após esta destruição Jerusalém estaria sob comando dos gentios até que o tempo dos gentios se completasse. Então, após a Segunda Grande Guerra Mundial da Era Moderna foi criado o Estado Israelense e após a guerra dos seis dias, na década de 1960, Jerusalém voltou para o domínio dos judeus, indicando assim que o tempo dos gentios havia se completado, sendo o cumprimento de mais um sinal profético dos finais dos tempos que indica que realmente está muito próxima a volta de JESUS, pois ELE estabelecerá o Seu Governo mundial milenar na Cidade de Jerusalém! Você entende porque esta cidade é tão cobiçada e disputada religiosamente e geopoliticamente e foco de tantas tensões mundiais? Mas, a volta de JESUS para implantar Seu Governo milenar apenas ocorrerá após o Evangelho ser anunciado para todos os povos e nações da Terra conforme ELE mesmo diz. Portanto não é de se admirar o fato da Igreja ao longo da História sempre ter sido e ser até hoje alvo de tantas perseguições religiosas e políticas e de tantos convites sedutores os quais quando aceitos trazem grandes problemas para ela, desgastam a sua imagem, a fazem desviar dos seus reais propósitos e tornam a mesma aliada e conivente com muitas corrupções e atrocidades cometidas por pessoas e sistemas de governo! A pregação do Evangelho (Boas Novas de reconciliação entre a humanidade e DEUS) a todos os povos e nações da Terra começou com os judeus, hoje está sendo realizada por gentios e judeus convertidos e no final terminará sendo anunciada pelo ministério angelical, pois a Igreja não estará mais na Terra devido ao seu arrebatamento (rapto, retirada instantânea realizada por JESUS) o qual ocorrerá ao mesmo tempo da primeira ressurreição dos mortos. Não sabemos o dia do arrebatamento da Igreja e da volta visível de CRISTO a qual será visível em toda a Terra, mas, como você pode ver, DEUS nos informou acerca dos sinais (credenciais) indicativos que nos permitem perceber estes finais dos tempos! 
Gostaria de terminar esta primeira reflexão sobre os finais dos tempos com mais outro sinal dado por DEUS: quando observamos a História da humanidade constatamos que de dois em dois mil anos DEUS iniciou algo na Terra no sentido de restaurar a humanidade e religar a mesma com ELE: de Adão à Abraão (pessoa escolhida para formar um povo e nação monoteísta, com grande conhecimento da verdade sobre o DEUS Criador de todas as coisas e que seria o local de nascimento de JESUS) temos um período de 2.000 anos, de Abraão a JESUS CRISTO outro período de 2.000 anos e, de JESUS CRISTO até a nossa época atual (Era da Graça) também mais um período de 2.000 anos se completou logo, estamos no limiar de grandes acontecimentos a serem ocorridos na Terra, valendo ainda lembrar que na dimensão da eternidade, 1 dia na mesma equivale para nós 1.000 anos (Salmos 90: 4; II Pedro 3: 8) e que 6.000 anos (seis dias) já foram passados, sendo o sétimo dia decretado pelo próprio DEUS como pertencente a ELE (Gênesis 2: 1 – 3; Êxodo 20: 8 – 11; Levítico 25). Interessante é constatarmos a idéia e o sentido do ciclo e da transcendência na matemática quando ela representa o comprimento da circunferência equivalente a 2r. Importante é constatarmos também que JESUS CRISTO em Lucas 10: 25 – 37, João 4: 1 – 42, 8: 48 - 50 e 14: 1 - 31 é chamado e se identifica como Samaritano (povo originado da mistura entre gentios e judeus) e, anuncia a sua missão e dos seus discípulos (Igreja) a ser realizada num período de dois dias (dois denários) chamando os judeus para se juntarem a ELE (que é judeu) e aos gentios nesta Grande Comissão de trabalho de preparação da Terra para receber o Seu Governo milenar o qual levará esta Terra e a humanidade a entrar no biorritmo e freqüência vibratória de energia da dimensão espaço-tempo da eternidade.
Bem, no próximo blog, com a Graça e permissão de DEUS, escreverei mais acerca deste grande e maravilhoso projeto de DEUS chamado Igreja, sobre as mensagens de advertência de JESUS a esta Igreja e, você entenderá porque infelizmente nem todos que se dizem Cristãos realmente são e porque muitos habitantes da Terra não subirão no arrebatamento da Igreja!

Pra.Carmem (Pra. Acsa)

Nenhum comentário: