MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ

MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ - EDIFICANDO O CARÁTER E A LIDERANÇA NA IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO

UNIVERSIDADE TEOLÓGICA GRAÇA E PAZ – Site: https://sites.google.com/site/icfeinstitutocristaodeformacao/

(Gênesis 17:1) - "Eu Sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê íntegro".

(Levítico 19:2) - "Portanto, santificai-vos e sede santos, pois Eu sou o Senhor vosso Deus";

(Provérbios 14:34) - "A justiça exalta os povos, mas o pecado é a vergonha das nações".

(Apocalipse 22:11) - Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

ACORDE: JESUS CRISTO ESTÁ MUITO PRÓXIMO DE VOLTAR-5 (FIQUE LIGADO-5)




- 5:


AVERIGUANDO AS CREDENCIAIS (SINAIS) DA IGREJA DE JESUS CRISTO (ÚLTIMA PARTE)


6. FILADÉLFIA, O AMOR FRATERNAL
“ Ao Anjo da Igreja em Filadélfia escreve:
Isto diz O que é Santo, O que é Verdadeiro, O que tem a chave de Davi; O que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre:
Conheço as tuas obras (eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta, que ninguém pode fechar), que tens pouca força, entretanto guardaste a minha Palavra e não negaste o meu Nome.
Eis que farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem ser judeus, e não o são, mas mentem, - eis que farei que venham, e adorem prostrados aos teus pés, e saibam que Eu te amo.
Porquanto guardaste a Palavra da minha perseverança, também Eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para pôr à prova os que habitam sobre a Terra.
Venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.
A quem vencer, Eu o farei coluna no templo do meu DEUS, donde jamais sairá; e escreverei sobre ele o Nome do meu DEUS, e o nome da cidade do meu DEUS, a Nova Jerusalém, que desce do céu, da parte do meu DEUS, e também o meu novo Nome.
Quem tem ouvidos, ouça o que o ESPÍRITO diz às Igrejas.”

A Igreja de Filadélfia é aquela que quando comparada aos poderes do mundo é fraca, entretanto, ela possui uma porta aberta por JESUS CRISTO que ninguém pode jamais fechar (Mateus 16: 13 – 19; Apocalipse 3: 7 – 9), sendo a Igreja que guarda a Palavra (ensinamentos e mandamentos) de JESUS CRISTO e jamais lhe nega o Nome, portanto, tem a promessa de que os falsos religiosos um dia serão obrigados a reconhecerem – na como pertencente à amada noiva de JESUS CRISTO e digna de autoridade para governar com ELE e viver na glória da Nova Jerusalém devido jamais ter aceitado a aliança profana (Salmos 45; Efésios 1; 5: 22 – 33; Apocalipse 3: 9 - 13). Filadélfia deriva da palavra amor fraternal em grego, usada para designar amor e comunhão íntima entre pessoas (irmãos, amigos, etc).
É a Igreja que devido ser sempre perseverante em todo tempo no amor a DEUS e ao próximo, no momento em que ocorrer o arrebatamento todos subirão e nenhum dos seus membros sofrerão a provação da grande tribulação que virá sobre toda a humanidade que ficar na Terra após esse arrebatamento (I Tessalonicenses 4; 5; II Tessalonicenses 2; Apocalipse 7: 9 – 17; 13).
O encorajamento e advertência do ESPÏRITO SANTO a essa Igreja estão respectivamente na palavra de consolo de que JESUS CRISTO, seu noivo, está perto de voltar, no aviso de que a mesma deve guardar o que tem para que ninguém jamais tome a sua coroa (glória, majestade real, poder e autoridade) e, nas promessas de que será transformada em coluna do templo de DEUS, de onde jamais sairá, e, terá sobre ela escrito o Nome de DEUS, da Nova Jerusalém e o novo Nome de JESUS CRISTO (Apocalipse 3: 11 – 13).
7. LAODICÉIA, LUGAR DE JULGAMENTO
“ Ao Anjo da Igreja em Laodicéia escreve:
Isto diz o Amém, a Testemunha fiel e verdadeira, O Princípio da Criação de DEUS:
Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; Melhor seria que fosse frio ou quente!
Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar - te – ei da minha boca.
Porquanto dizes: rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;
Aconselho – te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas.
Eu repreendo e castigo a todos quanto amo; sê pois zeloso, e arrepende – te.
Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
Ao que vencer, Eu lhe concederei que se assente Comigo no meu trono; assim como Eu venci, e me assentei com meu PAI no seu trono.
Quem tem ouvidos, ouça o que o ESPÍRITO diz às Igrejas.”
Laodicéia era uma das cidades mais ricas da Ásia, sendo o centro bancário e comercial da mesma, famosa pelo seu lanifício e, nela se encontrava um dos mais importantes centros jurídico – administrativos do Império Romano.

A Igreja de Laodicéia é aquela que por ser morna (nem é quente e nem é fria, Apocalipse 3: 15 - 16), caso não se arrependa será vomitada pelo SENHOR JESUS CRISTO, pois, faz mal a ELE, atrapalhando e não cooperando com a Sua obra de redenção da humanidade e com a propagação do Evangelho na Terra, sendo ainda egoísta, orgulhosa, avarenta e insensível às necessidades das pessoas (Mateus 23; 25; Lucas 10: 25 – 37; 11: 37 – 54; 19: 11 – 27; Epístola de Tiago), pecando em relação à falta de amor a DEUS e ao seu semelhante, portanto, não subirá aos Céus, pois, será rejeitada e repudiada pelo próprio Noivo JESUS CRISTO!
É a Igreja completamente acomodada e alienada em relação ao seu propósito de existência na Terra e que fica sempre em cima do muro, não tomando uma posição clara e objetiva de compromisso com JESUS CRISTO, chegando ao ponto em que quando se olha para ela não se pode definir de que lado ela está, a qual reino ela pertence e de que governo ela é representante (Mateus 6: 19 – 34; 13; 24 – 30, 36 - 43), pois, em prol de poder, riqueza, prestígio, benefícios diversos, de não ser incomodada, de não perder os privilégios adquiridos etc, fecha os olhos a toda e qualquer forma de injustiça e não confronta o mundo e o pecado, praticando uma falsa religiosidade que chega ao cúmulo de fazê – la admitir, viver e pregar uma pseudo - unidade jamais aceita e permitida por DEUS: a unidade entre CRISTO e o Seu REINO com Satanás e o seu reino e entre os filhos de DEUS e os filhos do Diabo (II Coríntios 6; Apocalipse 18), sendo assim essa Igreja o resultado final de uma comunidade Cristã que abandonou o primeiro amor, corrompeu – se, apostatou da fé, fez uma aliança profana com os poderes (forças, relações, estruturas, agentes, ensinamentos, modos de vida, etc) de um mundo governado por Satanás e, que não se arrependeu de nenhum desses pecados!
É a Igreja que se acha rica e sem falta de coisa alguma, porém, diante de DEUS, é uma coitada, miserável, pobre, cega, nua e que não conhece verdadeiramente o seu Noivo O qual ela própria colocou para fora não lhe permitindo entrar e nem ter comunhão com ela! Esta Igreja é confrontada por JESUS no sentido de que adquira DELE as verdadeiras riquezas, roupas para cobrir a sua nudez e colírio para que seja curada de sua cegueira espiritual!
A Igreja de Laodicéia mostra o espírito da era de Laodicéia predominante no mundo atual: relativismo em tudo (inclusive no conceito do que é moral e eticamente justo, correto e verdadeiro) e, ilhas de “ riqueza ” (espiritual, material, etc) sobre um mar de pobreza, numa contradição marcada pelo fato de que embora a humanidade tenha chegado a níveis tão altos de avanço no conhecimento espiritual, científico, tecnológico e de produção de riqueza e bens materiais (jamais alcançados por outras gerações da humanidade), entretanto, é alarmante e escandalosa a degradação moral e ética da humanidade e vergonhoso o abismo entre ricos e pobres.
Apesar de tudo, JESUS CRISTO ama essa Igreja, deseja ter comunhão íntima com ela e chama a mesma ao arrependimento para que, conforme a promessa do ESPÏRITO SANTO, possa vencer e assentar – se com ELE em Seu Trono (Apocalipse 3: 20 – 22), ou seja, para que possa verdadeiramente ser Sua Noiva e futura Esposa e governar na Terra no presente e no futuro.
Finalizando estas reflexões acerca das credenciais de uma Igreja (Comunidade) verdadeiramente Cristã, resumimos lembrando a realidade de que a encarnação e obra de JESUS CRISTO na Terra propõe uma mudança radical em todos os parâmetros e dimensões da existência humana na Terra e, freou e tem transformado até hoje a ação do Império Romano, considerado o mais violento e corrupto que já existiu e último herdeiro da antiga Babel que originou a Grande Babilônia, mãe de todo processo de civilização alienado e separado de DEUS presente em todos os povos e nações da Terra (Daniel 2; 7; Apocalipse 17).
A redenção da humanidade pela vida e obra de JESUS CRISTO na cruz do Calvário nos mostra um casamento realizado em duas fases: em sua primeira vinda ELE se tornou o seu Noivo resgatando – a com o seu próprio sangue e, em sua segunda vinda se tornará o seu Marido, casando – se com aqueles que aceitaram o seu pedido de noivado cujo período é chamado de época ou dispensação da Graça de DEUS (Salmos 45; Oséias 6: 1 – 3; Mateus 22: 1 – 14; João 1; 3; Romanos 3: 21; Efésios 2; Apocalipse 19).
O relacionamento de JESUS CRISTO com a humanidade nos revela que através da Igreja (da comunhão na justiça, paz e alegria no ESPÏRITO SANTO) ELE deseja transforma – la e lhe conceder a sua justiça, glória, pureza (virgindade), santidade e perfeição para que a mesma possa tornar – se a Sua futura Esposa (Isaías 53; Epístola aos Efésios; II Coríntios 11; Apocalipse 14; 19; 21; 22). Um noivado nos sugere e mostra que um dia, depois do mesmo, ocorrerá o casamento indicando assim que o período da Graça de DEUS um dia terminará com o arrebatamento da Igreja da Terra (abdução ou transporte para outra dimensão), resultando às pessoas que não subirem ficarem sujeitas à grande tribulação, ao império hediondo do Anti - CRISTO e tendo que pagar com suas próprias vidas para aquisição da vida eterna com CRISTO (Daniel 7; Mateus 22: 1 – 14; 24: 29 – 51; Apocalipse 13). Os parâmetros que DEUS irá utilizar para julgar toda a humanidade já foram revelados pelos profetas antigos e pelo próprio JESUS CRISTO mostrando que DEUS não quer que as pessoas sejam pegas de surpresa (Mateus 25: 31 – 46; João 12: 44 – 50; Apocalipse 21; 22), mas, sim, que todos venham a se salvar corrigindo o rumo de suas vidas enquanto ainda há tempo (Apocalipse 20: 11 – 15; Ezequiel 18; I Timóteo 2: 1 - 4)!
JESUS CRISTO em seus ensinamentos proféticos advertiu a respeito da séria possibilidade que poderia ocorrer com a Sua Igreja no final da Era da Graça: o esfriamento e abandono da fé e do caminhar com DEUS e, conseqüentemente, a rejeição, por parte DELE, das pessoas que não permanecerem fiéis até o fim (Mateus 24; 25: 1 – 13; I João 5; Apocalipse 2: 4 – 7; 12: 11; 21: 7 - 8) portanto, no decorrer da História podemos observar a atualidade das mensagens enviadas às sete Igrejas do Apocalipse através do desenvolvimento das comunidades Cristãs nas sociedades de povos e nações através dos tempos:
- Éfeso nos faz lembrar um excelente começo, mas, também o início de um processo de contaminação com a Grande Babilônia e, consequentemente, de corrupção e degradação em relação à essência e finalidades de existência da Igreja na Terra;
- Esmirna nos faz refletir sobre até que ponto nós, os Cristão temos sido e poderemos ser provocados e solicitados em relação ao nosso testemunho de fé em JESUS CRISTO através dos tempos;
- Pérgamo nos fala da importância de jamais darmos ouvidos aos falsos mestres e falsos ensinamentos e nunca cedermos à tentação de qualquer aliança profana com a Grande Babilônia. Também nos faz lembrar de quantas alianças profanas têm sido realizadas pelas comunidades Cristãs no mundo através dos tempos resultando em escândalos, graves prejuízos à obra de CRISTO na Terra e perdição eterna de muitas pessoas. Pérgamo ainda nos faz lembrar que onde existir uma resistência à propagação e vivência prática do Evangelho aí se encontra uma fortaleza de Satanás estabelecida e que precisa ser destruída como também nos faz lembrar dois detalhes sutis e não muito alertado para as pessoas:
a) A Cidade de Pérgamo se encontrava geograficamente no mesmo local dos Países que hoje chamamos de Países da Janela 10/40 a qual, conforme já abordamos anteriormente (no Fique Ligado-2), concentra atualmente o maior contingente populacional da Terra (cerca de 3,2 bilhões de habitantes distribuídos em 62 Países), com pessoas que em sua maioria ainda não ouviram acerca do Evangelho e cuja região abriga regimes de governos totalitários, extremamente opressores, perseguidores da Igreja Cristã e com propostas de expansão, hegemonia e imposições religiosa, cultural, política e econômica para as demais nações da Terra as quais muitas vezes pela subserviência ao poder do petróleo e demais interesses (geopolíticos, etc) fecham os olhos para estas e muitas outras questões e têm feito cada vez mais perigosas concessões e alianças com os mesmos;
b) A Tribuna Nazista de Zeppelinfeld, uma das áreas de desfile do partido nazista construída pelo regime totalitário de Adolf Hitler, foi construída inspirada no modelo do altar de Pérgamo, altar este que como vimos anteriormente foi chamado por JESUS de trono de Satanás implantado na região da Ásia! Este altar de Pérgamo consiste numa estrutura dedicada a Zeus originalmente construída no século II a.C. nesta cidade grega de Pérgamo que hoje chama-se Bergama e pertence ao Território da Turquia.
- Tiatira nos revela até onde se pode chegar (até as profundezas de Satanás) quando se faz sincretismo entre o sagrado e o profano, entre a verdade e a mentira, entre Jerusalém e Babilônia;
- Sardes nos mostra o perigo da morte espiritual e eterna que uma aliança profana traz com o passar do tempo para aqueles que a aceitam e para os seus descendentes;
- Filadélfia nos traz à memória que a crença, esperança e prática eterna do amor a DEUS e aos seres humanos são o que nos confere identidade de Filhos de DEUS, Noiva e futura Esposa de JESUS CRISTO (Mateus 22: 34 – 40; Romanos 13: 8 - 14; I João 2: 3 – 17; 4: 7 – 21), habilitada para junto com ELE trabalhar pela restauração de todas as coisas na Terra no presente e no futuro bem próximo quando com JESUS iremos com ELE ser os(as) responsáveis por possibilitar que a Terra entre de novo no biorritmo e frequência energética da dimensão espaço-tempo da eternidade.
- Laodicéia nos alerta sobre o engano do pecado, a falsa impressão e aparência que ele pode nos conferir, sobre a importância de termos um posicionamento evidente e definido a respeito de quem nós somos, de qual reino nós pertencemos e somos embaixadores, nossa cidadania espiritual, e, a advertência em relação à rejeição completa por parte de JESUS CRISTO que alguém pode sofrer devido à falta de arrependimento dos pecados, mesmo que esse alguém tenha começado bem a sua caminhada Cristã.
Com a Graça e permissão de DEUS, até o próximo Blog.

Pra.Carmem (Pra. Acsa)

Nenhum comentário: