MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ

MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ - EDIFICANDO O CARÁTER E A LIDERANÇA NA IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO

UNIVERSIDADE TEOLÓGICA GRAÇA E PAZ – Site: https://sites.google.com/site/icfeinstitutocristaodeformacao/

(Gênesis 17:1) - "Eu Sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê íntegro".

(Levítico 19:2) - "Portanto, santificai-vos e sede santos, pois Eu sou o Senhor vosso Deus";

(Provérbios 14:34) - "A justiça exalta os povos, mas o pecado é a vergonha das nações".

(Apocalipse 22:11) - Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

* 2-CUIDANDO DA VINHA E COMPARTILHANDO OS SEUS FRUTOS: A VINHA DOS SEUS RELACIONAMENTOS DE AMIZADE -





Você alguma vez já parou para observar que suas afinidades de amizade refletem o sistema de valores éticos e comportamentos morais que você respectivamente acredita e pratica, amizades essas que também influenciam no seu modo de pensar e agir, sendo assim a área existencial dos seus relacionamentos de amizade uma vinha que revela quem você realmente é, vinha esta a qual precisa também ser cuidada, analisada, avaliada, enxertada na Videira Verdadeira, adubada, irrigada com água de boa qualidade, receber os raios do Sol da Justiça para que tenha um excelente grau brix, saudável, forte, bem guardada, periodicamente podada pelo Viticultor por Excelência e produzir bons frutos?Sabe, existe um ditado popular na região onde eu moro o qual me foi ensinado por minha avó e que diz o seguinte: “dize-me com quem andas que eu te direi quem tu és!”
Assim, hoje, nós gostaríamos de aprofundar esta reflexão com alguns textos Bíblicos descritos abaixo e que nos trazem preciosos ensinamentos sobre a vinha dos relacionamentos da amizade:
Provérbios 1:7 O temor do SENHOR é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.
8 Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe,
9 Porque serão como diadema gracioso em tua cabeça, e colares ao teu pescoço.
10 Filho meu, se os pecadores procuram te atrair com agrados, não aceites.
11 Se disserem: Vem conosco a tocaias de sangue; embosquemos o inocente sem motivo;
12 Traguemo-los vivos, como a sepultura; e inteiros, como os que descem à cova;
13 Acharemos toda sorte de bens preciosos; encheremos as nossas casas de despojos;
14 Lança a tua sorte conosco; teremos todos uma só bolsa!
15 Filho meu, não te ponhas a caminho com eles; desvia o teu pé das suas veredas;
16 Porque os seus pés correm para o mal, e se apressam a derramar sangue.
17 Na verdade é inútil estender-se a rede ante os olhos de qualquer ave.
18 No entanto estes armam ciladas contra o seu próprio sangue; e espreitam suas próprias vidas.
19 São assim as veredas de todo aquele que usa de cobiça: ela põe a perder a alma dos que a possuem.

Provérbios 3:31 Não tenhas inveja do homem violento, nem escolhas nenhum dos seus caminhos.
32 Porque o perverso é abominável ao SENHOR, mas com os sinceros ele tem intimidade.

Provérbios 4:10 Ouve, filho meu, e aceita as minhas palavras, e se multiplicarão os anos da tua vida.
11 No caminho da sabedoria te ensinei, e por veredas de retidão te fiz andar.
12 Por elas andando, não se embaraçarão os teus passos; e se correres não tropeçarás.
13 Apega-te à instrução e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida.
14 Não entres pela vereda dos ímpios, nem andes no caminho dos maus.
15 Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo.
16 Pois não dormem, se não fizerem mal, e foge deles o sono se não fizerem alguém tropeçar.
17 Porque comem o pão da impiedade, e bebem o vinho da violência.
18 Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.

Provérbios 5:1 Filho meu, atende à minha sabedoria; inclina o teu ouvido à minha prudência;
2 Para que observes a discrição, e os teus lábios guardem o conhecimento.
3 Porque os lábios da mulher licenciosa destilam mel, e a sua boca é mais macia do que o azeite;
4 Mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois gumes.
5 Os seus pés descem à morte; os seus passos seguem no caminho do Seol.
6 Ela não pondera a vereda da vida; incertos são os seus caminhos, e ela o ignora.
7 Agora, pois, filhos, dai-me ouvidos, e não vos desvieis das palavras da minha boca.
8 Afasta para longe dela o teu caminho, e não te aproximes da porta da sua casa;
9 Para que não dês a outros a tua honra, nem os teus anos a cruéis;
10 Para que não se fartem os estranhos dos teus bens, e não entrem os teus trabalhos na casa do estrangeiro,
11 E gemas no teu fim, quando se consumirem a tua carne e o teu corpo,
12 E digas: como detestei a disciplina! E desprezou o meu coração a repreensão!
13 E não escutei a voz dos que me ensinavam, nem aos que me instruíam inclinei o meu ouvido!
14 Quase cheguei à ruína completa, no meio da congregação e da assembléia.

Gênesis 34:1 Diná, filha de Léia, que esta tivera de Jacó, saiu para ver as filha da terra.
2 Viu-a Siquém, filho de Hamor o heveu, príncipe da terra; e, tomando-a, deitou-se com ela e humilhou-a.
7 Os filhos de Jacó, pois, vieram do campo logo que souberam do caso; e entristeceram-se e iraram-se muito, porque Siquém havia cometido uma insensatez em Israel, deitando-se com a filha de Jacó, coisa que não se devia fazer.

Provérbios 13:20 O que anda com os sábios ficará sábio, mas o companheiro dos tolos será destruído.

Provérbios 15:22 Quando não há conselhos os planos se dispersam, mas havendo muitos conselheiros eles se firmam.

Provérbios 16:28 O homem perverso instiga a contenda, e o intrigante separa os maiores amigos.
29 O homem violento coage o seu próximo, e o faz deslizar por caminhos nada bons.

Provérbios 22:24 Não sejas companheiro do homem briguento nem andes com o colérico,
25 Para que não aprendas as suas veredas, e tomes um laço para a tua alma.

Provérbios 24:1 Não tenhas inveja dos homens malignos; nem desejes estar com eles;
2 Porque o seu coração medita a violência; e os seus lábios falam maliciosamente.

Provérbios 28:25 O orgulhoso de coração levanta contendas, mas o que confia no SENHOR prosperará.

I Reis 12:1 E foi Roboão para Siquém; porque todo o Israel se reuniu em Siquém, para o fazerem rei.
2 Sucedeu que, Jeroboão, filho de Nebate, achando-se ainda no Egito, para onde fugira de diante do rei Salomão, voltou do Egito,
3 Porque mandaram chamá-lo; veio, pois, Jeroboão e toda a congregação de Israel, e falaram a Roboão, dizendo:
4 Teu pai agravou o nosso jugo; agora, pois, alivia tu a dura servidão de teu pai, e o pesado jugo que nos impôs, e nós te serviremos.
5 E ele lhes disse: Ide-vos até ao terceiro dia, e então voltai a mim. E o povo se foi.
6 E teve o rei Roboão conselho com os anciãos que estiveram na presença de Salomão, seu pai, quando este ainda vivia, dizendo: Como aconselhais vós que se responda a este povo?
7 E eles lhe falaram, dizendo: Se hoje fores servo deste povo, e o servires, e respondendo-lhe, lhe falares boas palavras, todos os dias serão teus servos.
8 Porém ele deixou o conselho que os anciãos lhe tinham dado, e teve conselho com os jovens que haviam crescido com ele, que estavam diante dele.
9 E disse-lhes: Que aconselhais vós que respondamos a este povo, que me falou, dizendo: Alivia o jugo que teu pai nos impôs?
10 E os jovens que haviam crescido com ele lhe falaram: Assim dirás a este povo que te falou: Teu pai fez pesadíssimo o nosso jugo, mas tu o alivia de sobre nós; assim lhe falarás: Meu dedo mínimo é mais grosso do que os lombos de meu pai.
11 Assim que, se meu pai vos carregou de um jugo pesado, ainda eu aumentarei o vosso jugo; meu pai vos castigou com açoites, porém eu vos castigarei com escorpiões.
12 Veio, pois, Jeroboão e todo o povo, ao terceiro dia, a Roboão, como o rei havia ordenado, dizendo: Voltai a mim ao terceiro dia.
13 E o rei respondeu ao povo duramente; porque deixara o conselho que os anciãos lhe haviam dado.
14 E lhe falou conforme ao conselho dos jovens, dizendo: Meu pai agravou o vosso jugo, porém eu ainda aumentarei o vosso jugo; meu pai vos castigou com açoites, porém eu vos castigarei com escorpiões.
15 O rei, pois, não deu ouvidos ao povo; porque esta revolta vinha do SENHOR, para confirmar a palavra que o SENHOR tinha falado pelo ministério de Aías, o silonita, a Jeroboão, filho de Nebate.
16 Vendo, pois, todo o Israel que o rei não lhe dava ouvidos, tornou-lhe o povo a responder, dizendo: Que parte temos nós com Davi? Não há para nós herança no filho de Jessé. Às tuas tendas, ó Israel! Provê agora a tua casa, ó Davi. Então Israel se foi às suas tendas.
17 No tocante, porém, aos filhos de Israel que habitavam nas cidades de Judá, também sobre eles reinou Roboão.
18 Então o rei Roboão enviou a Adorão, que estava sobre os tributos; e todo o Israel o apedrejou, e ele morreu; mas o rei Roboão se animou a subir ao carro para fugir para Jerusalém.
19 Assim se rebelaram os israelitas contra a casa de Davi, até ao dia de hoje.
20 E sucedeu que, ouvindo todo o Israel que Jeroboão tinha voltado, enviaram, e o chamaram para a congregação, e o fizeram rei sobre todo o Israel; e ninguém seguiu a casa de Davi senão somente a tribo de Judá.
21 Vindo, pois, Roboão a Jerusalém, reuniu toda a casa de Judá e a tribo de Benjamim, cento e oitenta mil escolhidos, destros para a guerra, para pelejar contra a casa de Israel, para restituir o reino a Roboão, filho de Salomão.
22 Porém veio a palavra de Deus a Semaías, homem de Deus, dizendo:
23 Fala a Roboão, filho de Salomão, rei de Judá, e a toda a casa de Judá, e a Benjamim, e ao restante do povo, dizendo:
24 Assim diz o SENHOR: Não subireis nem pelejareis contra vossos irmãos, os filhos de Israel; volte cada um para a sua casa, porque eu é que fiz esta obra. E ouviram a palavra do SENHOR, e voltaram segundo a palavra do SENHOR.
25 E Jeroboão edificou a Siquém, no monte de Efraim, e habitou ali; e saiu dali, e edificou a Penuel.
26 E disse Jeroboão no seu coração: Agora tornará o reino à casa de Davi.
27 Se este povo subir para fazer sacrifícios na casa do SENHOR, em Jerusalém, o coração deste povo se tornará a seu senhor, a Roboão, rei de Judá; e me matarão, e tornarão a Roboão, rei de Judá.
28 Assim o rei tomou conselho, e fez dois bezerros de ouro; e lhes disse: Muito trabalho vos será o subir a Jerusalém; vês aqui teus deuses, ó Israel, que te fizeram subir da terra do Egito.
29 E pôs um em Betel, e colocou o outro em Dã.
30 E este feito se tornou em pecado; pois que o povo ia até Dã para adorar o bezerro.
31 Também fez casa nos altos; e constituiu sacerdotes dos mais baixos do povo, que não eram dos filhos de Levi.
32 E fez Jeroboão uma festa no oitavo mês, no dia décimo quinto do mês, como a festa que se fazia em Judá, e sacrificou no altar; semelhantemente fez em Betel, sacrificando aos bezerros que fizera; também em Betel estabeleceu sacerdotes dos altos que fizera.
33 E sacrificou no altar que fizera em Betel, no dia décimo quinto do oitavo mês, que ele tinha imaginado no seu coração; assim fez a festa aos filhos de Israel, e sacrificou no altar, queimando incenso.

I Epístola de Paulo aos Coríntios 15:33 Não vos enganeis. As más conversações corrompem os bons costumes.

Observaram quantos conselhos são dados para que tenhamos cuidado na escolha das nossas amizades?- Não se deve ter amizade com pessoas violentas, perversas, briguentas, ladras, que costumam armar ciladas para derrubarem outras pessoas, com pessoas tolas, levianas, maliciosas, sexualmente depravadas, orgulhosas, arrogantes, opressoras e que costumam dar maus conselhos!
Sabe, quando eu olho na mídia e vejo algumas pessoas que fazem parte das “elites” mundiais (empresários, políticos, nobres, atletas, etc) tendo a sua vida exposta e sua imagem arranhada (desonrada) por amizades e comportamentos que, principalmente eles(as), não deveriam ter por serem vitrines e referenciais de liderança de suas sociedades, e, depois, vejo que eles(as) e seus familiares ficam querendo dar desculpas ou ficam esbravejando com raiva querendo inclusive processar os profissionais da mídia por terem flagrado e mostrado para todo o mundo os seus comportamentos nada louváveis, fico a pensar comigo mesma:
- Afinal de contas, o que eles(as) esperavam?- Não têm coragem de olhar e avaliar a sua vida pessoal sob a perspectiva dos Espelhos do Santuário de DEUS (à luz da Bíblia) e alinharem a mesma de acordo com os princípios e valores ensinados por DEUS, têm vergonha de irem para uma comunidade religiosa (Igreja, etc) para aprenderem os ensinamentos de DEUS, têm vergonha de serem fotografados(as) ou filmados(as) carregando uma Bíblia na mão ou alguma outra literatura Cristã, têm vergonha de terem amizades com pessoas que levam a vida a sério e têm temor a DEUS, mas, não têm vergonha de freqüentarem casas de baladas noturnas as quais, como todos(as) sabem, não passam de prostíbulos e locais de consumo de drogas reservados para as elites, não têm vergonha de terem amizade com pessoas fúteis, levianas, arrogantes e criminosas, não têm vergonha de freqüentarem festas em casas de mauricinhos e patricinhas ou determinadas festas culturais, festas estas que, em geral, não passam de orgias de consumo de drogas (lícitas ou ilícitas) e bacanais, etc!
Observem ainda que nos textos de Gênesis 34 e de I Reis 12 três fatos gravíssimos ocorrem por causa de laços de amizades que não deveriam ter sido aceitos e muito menos construídos e solidificados:
- Uma mulher (Diná) que foi violentada sexualmente através da brecha que ela mesma abriu pelas amizades com pessoas que não deveria ter;
- Um príncipe (Roboão) que provoca a divisão política de um reino e dá início à queda da monarquia de Israel devido ter rejeitado os princípios da boa governança ensinados pela Sabedoria Divina dando ouvidos assim aos seus arrogantes, levianos e opressores amigos de infância;
- Um recém constituído rei (Jeroboão) que dá início à corrupção espiritual e moral de uma nação abrindo assim as portas para a sua futura destruição por outros povos e nações da Terra, devido também ter dado ouvidos aos seus amigos maus conselheiros que lhe propuseram uma estratégia política não fundamentada em princípios e valores aprovados por DEUS!
Depois, muitos governantes não sabem os motivos ou acham injusto e desleal a existência de revoluções populares, guerras civis, golpes militares, ou o surgimento de formas alternativas de governo que limitem os poderes e/ou não permitam a perpetuação (por títulos e privilégios de nobreza, castas, por regimes totalitários, etc) de grupos familiares ou de grupos político-partidários no poder!
Como está a vinha dos seus relacionamentos de amizade? Você está sendo sábio(a) na escolha de suas amizades?
Cuidado, pois, saiba e/ou lembre-se sempre que “as más conversações corrompem os bons costumes” e, que, enquanto estivermos na Terra sempre existe tempo para em qualquer área existencial de nossas vidas acertarmos o rumo em direção a DEUS, sendo uma atitude sábia fazer isto antes que seja tarde demais!


Pra.Carmem (Pra. Acsa)

Nenhum comentário: