MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ

MINISTÉRIO GRAÇA E PAZ - EDIFICANDO O CARÁTER E A LIDERANÇA NA IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO

UNIVERSIDADE TEOLÓGICA GRAÇA E PAZ – Site: https://sites.google.com/site/icfeinstitutocristaodeformacao/

(Gênesis 17:1) - "Eu Sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê íntegro".

(Levítico 19:2) - "Portanto, santificai-vos e sede santos, pois Eu sou o Senhor vosso Deus";

(Provérbios 14:34) - "A justiça exalta os povos, mas o pecado é a vergonha das nações".

(Apocalipse 22:11) - Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.

terça-feira, 12 de julho de 2016

* 42-CUIDANDO DA VINHA E COMPARTILHANDO O SEU FRUTO: A IMPORTÂNCIA DO PERDÃO...

Graça e Paz e Boa Noite Leitores(as)...

Mateus 6:14-15
14 - Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;
15 - Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.
Mateus 5:23-26
23 - Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,
24 - Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta.
25 - Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão.
26 - Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil.

Você sabia que o perdão é uma questão de decisão e não de sentimento? 
Percebam que os textos anteriores que enviei (Mateus 5; 6) mostram que o Senhor Jesus deixa bem claro que o perdão é uma questão de decisão e ainda mostram que se soubermos que alguém tem algo contra nós precisamos ter a iniciativa de esclarecer tudo e se for o caso de termos errado em algo pedir perdão?! E, vejam que Jesus ainda mostra que enquanto você não se acertar com a pessoa a porta estará aberta para que demônios atuem sobre a sua vida com torturas e lhe promovendo grandes perdas, pois existe a brecha legal no mundo espiritual aberta pelo ofensor! 
Eu já vi várias pessoas (empresários, políticos e até mesmo membros e Pastores de Igrejas) passarem por grandes aflições e perdas em sua vida familiar, na saúde, financeira e ministerial por causa da deslealdade, defraudação e ganância para com outras pessoas e até mesmo por causa das feitiçarias e atos de desobediência a Deus que fizeram para destruir a vida de outras pessoas! Enquanto essas pessoas não reconhecerem seu erro e não restituírem o que é possível de ser restituído não terão paz, continuarão a serem atacados e derrotados pelo maligno e se morrerem nesse estado de rebelião irão para a morte eterna, pois quando alguém deliberadamente desobedece a Deus e mesmo advertido prefere continuar na rebelião da desobediência a Ele, sai da presença Dele e perde a proteção Divina, ficando assim com a porta aberta para o maligno que só vem para roubar, matar e destruir (meditem em I Samuel 15:22-23; I Tessalonicenses 4 e João 10)! 
E, o perdão é uma questão de decisão também para quem precisa perdoar, pois se não perdoar não serão canceladas as suas dívidas para com Deus e também continuará com a porta aberta para ser atacado e derrotado pelos demônios, pois continuará com a dívida do pecado não paga e o salário do pecado é a morte (Romanos 6:23)! 
Sabe, se formos esperar sentir o desejo de perdoar dificilmente perdoaremos! A decisão e atitude de perdoar implicam em nós então declaramos com a nossa boca que perdoamos quem nos ofendeu (mesmo que ela não reconheça seu erro e nem lhe peça perdão), oramos a Deus declarando isso e não pagamos o mal com o mal, mas sim com o bem e ao fazermos isso somos liberados, pois inclusive os sentimentos de amargura, raiva, ódio e vingança saem do nosso coração e somos libertos desses sentimentos que fazem mal à nossa saúde emocional e física (meditem em Romanos 12:17-21 e Hebreus 12:14-15)... 

Pra. Carmem (Pra. Acsa)

Nenhum comentário: